quarta-feira, 3 de março de 2010

Marcas de Amor...

Um menino tinha uma cicatriz no rosto, as pessoas de seu colégio não falavam com ele e nem sentavam ao seu lado, na realidade quando os colegas de seu colégio o viam franziam a testa devido à cicatriz ser muito feia.

Então a turma se reuniu com o professor e foi sugerido que aquele menino da cicatriz não freqüentasse mais o colégio, o professor levou o caso à diretoria do colégio.

A diretoria ouviu e chegou à seguinte conclusão:
Que não poderia tirar o menino do colégio, e que conversaria com o menino e ele seria o ultimo a entrar em sala de aula, e o primeiro a sair, desta forma nenhum aluno via o rosto do menino, a não ser que olhassem para trás.

O professor achou magnífica a idéia da diretoria, sabia que os alunos não olhariam mais para trás. Levado ao conhecimento do menino da decisão ele prontamente aceitou a imposição do colégio, com uma condição:

Que ele compareceria na frente dos alunos em sala de aula, para dizer o por quê daquela CICATRIZ.

A turma concordou, e no dia o menino entrou em sala dirigiu-se a frente da sala de aula e começou a relatar:

- Sabe turma eu entendo vocês, na realidade esta cicatriz é muito feia, mas foi assim que eu a adquiri:

- Minha mãe era muito pobre e para ajudar na alimentação de casa minha mãe passava roupa para fora, eu tinha por volta de 7 a 8 anos de idade...

A turma estava em silencio atenta a tudo.

O menino continuou: além de mim, haviam mais 3 irmãozinhos, um de 4 anos, outro de 2 anos e uma irmãzinha com apenas alguns dias de vida.

Silêncio total em sala.

Foi aí que não sei como, a nossa casa que era muito simples, feita de madeira começou a pegar fogo, minha mãe correu até o quarto em que estávamos pegou meu irmãozinho de 2 anos no colo, eu e meu outro irmão pelas mãos e nos levou para fora, havia muita fumaça, as paredes que eram de madeira, pegavam fogo e estava muito quente... Minha mãe colocou-me sentado no chão do lado de fora e disse-me para ficar com eles até ela voltar, pois minha mãe tinha que voltar para pegar minha irmãzinha que continuava lá dentro da casa em chama. Só que quando minha mãe tentou entrar na casa em chamas as pessoas que estavam ali, não deixaram minha mãe buscar minha irmãzinha, eu via minha mãe gritar:

- "Minha filhinha está lá dentro!" Vi no rosto de minha mãe o desespero, o horror e ela gritava, mas aquelas pessoas não deixaram minha mãe buscar minha irmãzinha...

Foi aí que decidi. Peguei meu irmão de 2 anos que estava em meu colo e o coloquei no colo do meu irmãozinho de 4 anos e disse-lhe que não saísse dali até eu voltar. Saí de entre as pessoas, sem ser notado e quando perceberam eu já tinha entrado na casa. Havia muita fumaça, estava muito quente, mas eu tinha que pegar minha irmãzinha. Eu sabia o quarto em que ela estava. Quando cheguei lá ela estava enrolada em um lençol e chorava muito... Neste momento vi caindo alguma coisa, então me joguei em cima dela para protegê-la, e aquela coisa quente encostou-se em meu rosto...

A turma estava quieta atenta ao menino e envergonhada, então o menino continuou: Vocês podem achar esta
CICATRIZ feia, mas tem alguém lá em casa que acha linda, e todo dia quando chego em casa, ela, a minha irmãzinha me beija porque sabe que é Marca de AMOR.

Vários alunos choravam, sem saberem o que dizerem ou fazerem, mas o menino foi para o fundo da classe e imovelmente sentou-se.

Para você que leu esta história, queria dizer que o mundo está cheio de
CICATRIZ.Não falo da CICATRIZ visível mas das cicatrizes que não se vêem, estamos sempre prontos a abrir cicatrizes nas pessoas, seja com palavras ou nossas ações.

Há aproximadamente 2000 anos
JESUS CRISTO, adquiriu algumas CICATRIZES em
suas mãos, seus pés e sua cabeça.

Essas cicatrizes eram nossas, mas Ele, pulou em cima da gente, protegeu-nos e ficou com todas as nossas
CICATRIZES..

Essas também são
Marcas de AMOR.

Jesus te ama, não por quem você é, mas sim pelo que você é, e para Jesus você é a pessoa mais importante deste mundo.

Nunca se esqueça disso!!!


Autor Anônimo

18 comentários:

Eunice Nkalankala disse...

Hi Dna Fernanda!
Se nao fosse pelo Sr Jesus, estariamos todos desfigurados, cheios de cicatrizes.
Gracas a Ele hoje estamos limpos...
Na fe,
Eunice Namibia

Anônimo disse...

Olha Dona Nanda, muito forte essa história, e Jesus levou sobre ele todas as nossas dores e cicatrizes.
A quem podemos comparar esse amor incondicional?

Beijos
Fernanda- Brasil

FERNANDA disse...

MUITO FORTE!!!
AINDA HOJE NOS QUANDO REVELAMOS,
NOSSA FÉ NO SENHOR JESUS, SENTIMOS
QUE AS PESSOAS NOS OLHAM COMO SE
TIVESSEMOS GRANDES CICATRIZES...
MAU ELAS SABEM QUE SÃO DE AMOR!!!

Tamires Suelen disse...

Nossa!! Que história linda...
Fiquei mocionada...e gostei muito...vou passar para as minhas amigas.
Inclusive aquela história da jovem de 13 anos que se chamava Patrícia...passei para os adolescentes da minha igreja, mostrei para o líder do Grupo Jovem que passou para os jovens...muito forte!!

Paully Santos disse...

O que mais mim entristeçe é quando tomo atitudes que sei que desagrada ao meu Senhor esquecendo-me de tudo o que Ele já fez e tem feito por mim.
Sei que Ele mim ama com um amor incondicional e não quero ser egoista a ponto de esqueçer que Ele morreu naquela cruz, passou por todo aquele sacrificio, para que eu tivesse vida e uma vida plena de felicidade. Ele é o responsavel pelo livre acesso que tenho a presença do meu Deus. Como posso muitas vezes mim esqueçer de tudo isso?

Paully Santos

Débbby disse...

Bom dia Nanda.
Que mensagem maravilhosa, me emocionei.
Uma lição de vida para todos nós. Não temos o direito de discriminar ninguém.
Bjs.

Anônimo disse...

Poxa dna. que forte até me emocionei,é verdade quanta não são as pessoas que não valorizam o que o Srº Jesus fez por nós.Por isso o agradeço todos os dias ao meu Deus,pois Ele é Único em minha vida.

Que Deus abençoe a srº muitíssimo Beijos

Vacy domingos disse...

Vacy jengue

Boa noite Dna Fernanda e verdade esta e uma liçao para todos nos nao devemos discriminar ninguem por isso devemos louvar agradecer ao Senhore Jesuspor ter nos livrado das cicatrizes e hoje somos livres atraves do amor de Jesus beijinhos
Na fe

Vacy Namibia

akira disse...

Hi, Dna Fernanda
Por mais que eu faca nao e suficiente para agradecer ao amor incondicional que Deus Pai mostrou por nos, atravez do seu unico Jesus Cristo.
Jesus eu te amo.
Akira, Namibia

perolas2010 disse...

linda historia d. Nanda. ela faz refletir sobre a importancia de amar. e tambem que nao devemos julguar as pessoas pela aparencia e de maneira nenhuma. mas acolher com amor a todos, e receberemos o mesmo de volta: o amor!!

Mila Namibia disse...

Eu cheguei na igreja cheia de cicatrizes mas o Sr.Jesus me aceitou mesmo tendo essas marcas. Não me envergonho diante Dele ao contrário o amo acima de tudo pois ele me aceitou quando ninguém queria aceitar-me. Obrigado meu Jesus.

Anônimo disse...

Estava mesmo precisando de uma palavra de ânimo. As vezes penso em retroceder, que nunca vou conseguir ser a pessoa que Deus espera que eu seja.
Obrigada por essa mensagem, com certeza ela foi um alento para muitos leitores desse blog.

elianeivone disse...

Bom dia dona Fernanda essa historia e muito emocionante e verdadeira as pessoas nao valorizam o sacrifio que o nosso Senhor Jesus fez por nos.Beijinhos Eliane Namibia

Talitha disse...

Muito obrigada Dona Nanda estava precisando de uma passagem assim para enviar para um amigo e isso falou muito nao só pra ele mas como pra mim tambem.

Anônimo disse...

D.Nanda fiquei sem palavras,muito forte,lindo,maravilhoso...nunca vou esquecer amei demais...millll bjsss,claudia...

Luiz Simone disse...

muito interresante a mensagem d. nanda....amei.

suely (objetivo mga) disse...

olha clara li esta estoria e estou chorando no momento ,sabe é muito compovente a história e o momento que passo agora na minha vida é como uma cicatriz,mas ore por mim pois irei vencer esta batalha junto do senhor jesus,bjos clara te adoro e te desejo muitas felicidades na sua vida afetiva e profissional te adoro nunca se esqueça da tia su

...Andri disse...

POXA muito forte isso e que e uma prova de amor e maior ainda e a que Jesus fez por tosos nos!