quinta-feira, 11 de março de 2010

Bolsas...



Aqui vai uma informação muito importante para todas nós e principalmente para as "bolsacólatras"!!!

Mamãe fica tão chateada quando os convidados chegam na porta e jogam suas bolsas no balcão onde ela cozinha ou prepara os pratos. Ela sempre disse que as bolsas são realmente sujas por causa de onde estiveram antes.

As mulheres carregam bolsas em todo lugar, do escritório a sanitários públicos, ao chão do carro.
A maioria das mulheres não vive sem suas bolsas, mas você já parou para pensar onde vai sua bolsa durante o dia?

'Eu dirijo um ônibus escolar, por isso a minha costuma ficar no chão dele ", diz uma mulher.
'Geralmente, no piso do meu carro, no carrinho de compras e no chão do banheiro banheiro' diz outra.
Para descobrir se bolsas portam uma grande quantidade de bactérias, decidimos testá-las no Nelson Laboratories, em Salt Lake City, e, em seguida, partimos para testar a bolsa comum de uma mulher.

Acontece que bolsas são tão surpreendentemente sujas, que mesmo os microbiologistas que testaram ficaram chocados.

A microbiologista Amy Karen, do Nelson Labs, diz que quase todas as bolsas que foram testadas não só apresentaram níveis elevados em bactérias, mas ricos em espécies de bactérias nocivas!!
Pseudomonas que podem causar infecções oculares, Aurous Staphylococcus que podem provocar infecções cutâneas graves e as salmonelas E-coli encontradas nas bolsas podem causar doenças sérias.
Em uma amostragem quatro das cinco bolsas testou positivo para as salmonelas, e isso não é o pior. "Há coliformes fecais nas bolsas", diz Amy.

Bolsas de couro ou vinil tendem a ser mais limpas do que bolsas de pano, e o estilo de vida parece desempenhar um papel.
As pessoas com filhos tendem a ter bolsas mais sujas do que aquelas que não os tem.
Com uma exceção, a bolsa de uma mulher solteira que freqüentava boates tinha uma das piores contaminações de todas. "Algum tipo de fezes, ou, eventualmente, vômito", diz Amy.

Assim, a moral desta história é que sua bolsa não vai matá-la, mas ela tem o potencial de fazer você ficar muito doente se você a mantiver em lugares onde você come.
Use ganchos para pendurar sua bolsa em casa e banheiros, e não coloque-a em sua mesa, uma mesa de restaurante, ou em sua bancada de cozinha.
Especialistas dizem que você deve pensar em sua bolsa da mesma forma que um par de sapatos.
"Se você pensar em colocar um par de sapatos em sua bancada, é a mesma coisa que você está fazendo quando colocou sua bolsa sobre a bancada."

Sua bolsa foi onde as pessoas antes andaram, sentaram, espirraram, tossiram, cuspiram, urinaram, defecaram, etc!
Você realmente quer trazer tudo isso para casa com você?
O microbiologista no Nelson Lab disse ainda que a limpeza de uma bolsa vai ajudar.
Lave as bolsas de pano e use limpa-couro para limpar o fundo de bolsas de couro.
Isso vale para mochilas, malas, frasqueiras, etc...


*Autor desconhecido.

13 comentários:

elianeivone disse...

Bom dia dona Fernanda essa materia e muito interessante, eu so limpo bolsas the cor clara, nao tenho o habito the jogar no chao do banheiro mas se vou experimentar alguma roupa na loja se nao tiver o gacho eu jogo no chao a partir the hoje vou prestar mas atencao com minhas bolsas pois nao quero pegar bacterias por falta de descuido.Eliane Namibia

akira disse...

Bom dia Dna. Nanda
Como nossas bolsas sofrem ne,
Quando entro para o carro, ja coloco no chao, onde vao os meus pes, e de outros que pisaram em varios lugares sujos.
Depois coloco no meu braco, ai ja transportei milhoes de bacterias para o meu colo. Volto para o carro, de novo no chao, mais bacterias e quando chego a casa, vai para o balcao da cozinha e depois para o armario do quarto.
Hiiiiiiiiii,
Minha esta contaminada com certeza. ela e de couro, e vou passar a limpa-la.

Gostei das fotos, esssa bolsas sao lindaaaaas.
bjs. Akira, Namibia

Valéria Oliveira disse...

Nossa!Nunca tinha pensado sobre este assunto, e faz sentido, né?
Ai, Dnª Nanda! Sempre a procura de algo novo e interressante para o blog.
Obrigada!

Natassia Souza disse...

Confesso que me bateu um nojinho da minha bolsa... rs

Muito interessante, d. Nanda...

Bjinhos

ObrSara disse...

Nunca tinha parado pra pensar o quanto a bolsa é realmente suja.

Vamos tomar cuidado agora né.

Abraço dona!! Bem forte! Que Deus a abencoe!

Lilian C. Sobral disse...

Eu realmente não ando sem bolsas.. Procuro nunca colocá-las no chão.. nem no carpete do carro, mas ainda assim é bom essa consciencia de q as bacteriazinhas indesejáveis podem estar lah fazendo a festa!

Ótima dica D Nanda!!

Dijandira disse...

Já fiquei várias vezes pensando nesse assunto, pois procurava lugar para colocar a bolsa e não encontrava e muitas vezes era obrigada a colcoar no chão.

Acho que deveriam incluir no padrão de banheiros femininos....

Vou tomar mais cuidado, já estou pensando até em andar com um prendedor na bolsa para prenir.

Raquel disse...

Olá d. Nanda!
Muito interessante esta matéria,já tinha visto alguma coisa sobre o assunto essa semana.
Nossa!!!Como as bolsas são sujinhas,kkkk.
Mas quem consegue ficar sem elas,não é mesmo?
O importante é ter mais cuidade onde as deixamos.
Beijocas

Miila Namibia disse...

Nós mulheres temos esse péssimo hábito de largar as bolsas em qualquer lugar, apartir de agora não faço mais isso a saúde tem que vir em primeiro lugar.

Patrycya Duarte disse...

Muito interessante Dona Nanda! Gostei!E parabéns pelo blog e pelos textos, sempre algo interessante e que nos ajuda. Deus a abençoe muito e a sua família também!

http://patrycyaduarte.blogspot.com/

Vacy domingos disse...

Vacy jengue

Boa noite Dna Fernanda e verdade nos temos o habito de largar a bolsas em qualquer lugar a partir de hoje eu vo presevar a minha saude beijinhos§§§§§

Vacy Namibia.

Eunice Nkalankala disse...

Hi Dna Fernanda!
Aprender ate morrer...
Apartir de agora vou ter mais cuidado com a minha bolsa, pra ser sincera geralmente jogo ela em qualquer canto...
Obrigada
Eunice Namibia

Bernardo disse...

O assunto é bolsas? Tem o site www.trocatrocadebolsa.com.br que reuni mulheres interessadas em trocar bolsas encalhadas.

Abraço