segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Eu parecia um burro empacado!



Recentemente, meu marido falou de algo que ele não gostava em mim. Puxa, fiquei tão triste... Não, na verdade, fiquei mesmo foi arrasada. E toda vez que eu agia daquela forma e ele me mostrava, eu não falava nada, mas por dentro ficava danada da vida com ele... Olha que cara de pau! Eu era a errada e ficava chateada com ele. Na verdade, nem tinha pensado em mudar, achava que ele estava sempre exagerando.


Isso é uma reação muito típica, como se fosse um mecanismo de auto-defesa. Se alguém ou o seu marido te aponta algum erro, imediatamente, buscamos um erro na outra pessoa para apontar também, apenas para nos defender. Isso vira um ciclo vicioso e sabe o que é o pior de tudo? Perdemos a oportunidade de mudar.


Percebi que estava estagnada e ele sempre reclamando... Até que um dia me revoltei, não com ele, mas comigo mesma. Olha, gente, me senti tão humilhada, pois foi ali, que Deus me fez ver o meu erro, finalmente caiu a danada da ficha.


Mas olha, não acabou ali não! Eu reconheci meu erro, mas e agora? Como mudar? Aí que vem a parte mais linda de tudo. Só mesmo o Espírito Santo para me ajudar e foi à Ele que eu recorri...


Eu clamei e pedi sua ajuda, pois não sabia o que fazer para mudar naquilo... A resposta veio de forma bem imperceptível, pois comecei a perceber pessoas que agiam daquela mesma forma e o quanto era irritante! Gente, eu nunca tinha percebido isso em ninguém, mas estava começando a perceber aquela atitude tão feia em outras pessoas e o Espírito Santo falando pra mim... Tá vendo? É assim que ele se sente quando você faz isso.


Foi então que a mudança se iniciou em mim, ela veio de dentro pra fora. Tive vergonha de mim mesma, e quanto mais percebia aquilo nas pessoas, mais minha atitude mudava.


Meu marido percebeu a mudança em mim, não uma coisa forçada, mas algo natural e posso dizer que me senti uma gigante! 


Não é maravilhoso ter esse pai tão querido, que nos direciona e ajuda das formas mais inesperadas?
Não é maravilhoso saber que Ele está sempre conosco?
Não é maravilhoso ouvir sua voz?


Pois é, só sabe o quão maravilhoso isso é, quem O conhece.


Amigas, vamos aproveitar o jejum de Daniel para isso! 
Conhecê-Lo e nos aproximarmos mais ainda Dele. Só quem tem a ganhar, somos nós!!!


O jejum se inicia no dia 11 de Dezembro, quando iremos nos desligar de tudo que não diz respeito à Ele.








12 comentários:

Cristine Pedroso disse...

Muito forte dona Nanda, realmente negarmos a nós mesmas não é uma tarefa muito fácil, mas é muito bom ter o cuidado de Deus.
Somos como um vaso e enquanto há uma rachadura, Deus que é o oleiro não dispensa o fato de nos quebrar e nos fazer de novo segundo a Sua vontade, que com certeza é a melhor!
Obrigada por dividir a experiência da senhora, me abençoou!
Beijinhos
Cristine Pedroso

Amanda Vicente R. disse...

Muito forte!


Já compartilhei para os jovens do FJ daqui...

Bjnhus Dª Nanda

Sebastian disse...

Eu gosto muito dos artigos da Senhora, obrigado por nos ensinar com tanta transparecia.
Particularmente gostei muito daquele do Leite derramado, E esse artigo aqui sei q vai me ajudar muito tambem!

ji alves disse...

Dona Nanda realmente quando queremos mudar DEUS nos coloca em situações para que venhamos enxergar nossos erros,não nos humilhando e sim nos dando a oportunidade de nos tornar pessoas melhores.E o melhor de tudo ELE esta sempre a nossa frente nos auxiliando.
beijoss

Anônimo disse...

É isso aí Dn. Nanda Deus abre os nossos olhos para olharmos outras pessoas como se fosse o nosso reflexo no espelho é assim que começa a mudança, chega a ser vergonhoso, mas no final posso dizer somos virtoriosas. Na Fe

JANAINA disse...

me ajudou muito pos eu tambem tenho atuado assim mas aparti de hoje vou busca no Espirito Santo para mudar

Gislaine disse...

Sim,Dn.Nanda graças por essas mensagens tão especiais!! Recentemente conheci uma pessoa que me lembra muito eu quando comecei,e ao ouvir o rapaz que quer namora-lá,falando dela me envergonhei muitooooo,pensei como fiz mal ao meu esposo,(que também vivenciou isso comigo),que vergonhaaaa,me senti muito pequena e humilhada!!Mas isso me deu forças,para lutar contra essa natureza ,e mostrar para os demais que o Espírito Santo faz tudo novo!! Que maravilha!! Também vou me dedicar ainda mais neste Jejum!! Deus a abençoe!!

Alessandra A. disse...

É bem assim,mesmo D.Nanda,apontar os erros dos outros é fácil,mais na hora de admitir os nossos... e mais de querer mudar,só o Espírito Santo é capaz disso,sem Ele ñ conseguimos nada.Como a srª bem disse esse jejum é a oportunidade,para quem quer essa força dentro dela,ñ se pode deixar uma oportunidade escapar pois ela pode ñ voltar mais.Vamos todos aproveitar,então!Pra quem ñ o conhece ainda e pra quem já o conhece se fortalecer,e estar ainda mais em comunhão com Ele.
Ps.Agradeço a Deus pela vida da srª ,pois tenho aprendido muito.Que Ele seja louvado por isso!

Alessandra A. disse...

É bem assim,mesmo D.Nanda,apontar os erros dos outros é fácil,mais na hora de admitir os nossos... e mais de querer mudar,só o Espírito Santo é capaz disso ,isso quando deixamos Ele agir,sem Ele ñ conseguimos nada.Como a srª bem disse esse jejum é a oportunidade,para quem quer essa força dentro dela,ñ se pode deixar uma oportunidade escapar pois ela pode ñ voltar mais.Vamos todos aproveitar,então!Pra quem ñ o conhece ainda e pra quem já o conhece se fortalecer,e estar ainda mais em comunhão com Ele.
Ps.Agradeço a Deus pela vida da srª ,pois tenho aprendido muito.Que Ele seja louvado por isso!

dete disse...

realmente concordo com tudo a que a senhora escreveu, pois as vezes e' dificil reconhecermos nosso erro.
Deus abencoe.

Camila Cordeiro disse...

nossa, quando li o titulo me matei de rir, nao conseguia parar. E depois de ler o post vi que é isso mesmo que acontece.
Poxa, nao vejo a hora de chegar o Jejum. Vai arrebentar..
Bjos

Doce Ateliê disse...

Oi Nanda,
nunca participei do jejum, já acompanhei através dos blogs outros que foram feitos. Mas desta vez irei participar, estou na expectativa. Esperando que ao final eu possa ver, sentir e viver a diferença.
Abraço carinhoso.
Chris/Acre