domingo, 28 de fevereiro de 2010

Sou Discriminada!


"Meu patrão me discrimina por causa da minha cor! Estou neste trabalho faz mais de 2 anos e nunca fui promovida ou recebi um aumento" reclamou ela com uma voz triste.

"Será que é isso mesmo? Se seu patrão fosse racista ou até mesmo não gostasse de você, ele nunca teria te contratado, ou já teria te mandado embora..." Argumentou...

"Então qual a razão disso tudo? Me sinto perseguida com ele sempre me chamando atenção!"

"Olha, você vai fazer o seguinte. Durante essa semana, você vai escolher o momento certo para falar com seu patrão, pergunte um horário e dia apropriado para falar com ele. Nesse dia, não faça reclamações, mas faça as seguintes perguntas:
  1. O que o senhor acha que posso fazer para melhorar o serviço que presto ao senhor?
  2. Quais as coisas que o senhor acha que não faço bem e devo mudar?"
Na mesma semana, ela descobriu, que o problema não era que seu patrão a descriminava, o problema estava em muitas coisas que ela precisava mudar.

Depois de conversar com seu patrão, soube exatamente o que era esperado dela e começou a trabalhar de forma diferente e fazer até mais do que aquilo que era esperado dela.

Em poucos meses, seu patrão a promoveu com um excelente aumento e o clima no trabalho é outro!

"Agora até me sinto mais confiante comigo mesma e amo o meu trabalho. Eu e meu patrão nos entendemos muito bem!"

Esse é um testemunho real.

Minha pergunta é... O que você aprendeu com ele?

14 comentários:

Eliz disse...

Oi dna Nanda!
É muito mais facil, culpar coisas ou pessoas por problemas que estamos sofrendo, ao invés de reconhecer que nós somos responsável pelas coisas que acontecem ao nosso redor.


Muito forte!

Na fé. bjss

Priscila disse...

Olá D. Nanda!
Não precisa publicar este post...é apenas um comentário "por detrás das câmeras" rsrsrs

Como a senhora pediu que avisássemos sobre eventuais 'escorregadas' no idioma, percebi que no post "Descriminada" há uma coisinha destoando logo de início: o título. Segundo o Aurélio, 'descriminar' refere-se ao ato de tirar a culpa de sobre alguém. Portanto, a palavra correta aí seria 'discriminar', com 'i'.

Outra coisinha. Em: 'Estou neste trabalho fazem mais de 2 anos', o verbo fazer, quando empregado no sentido de passagem de tempo, é inflexível, ou seja, não vai para o plural. Portanto, o correto seria e uso do 'faz dois anos'.

Mais adiante em: "Agora até me sinto mais confiante em mim mesma", o pronome que deveria ser usado é o "comigo". 'Mais confiante comigo mesma'.

Desculpe a petulância (rsrsrs) mas vi que a senhora nos pedia dicas sobre o assunto. Espero que tenha apreciado estas.

Na fé,
Priscila Oliveira

AMANDA disse...

ela achava que era descriminada,e perseguida. mas na verdade ela nao estava fazendo o que era esperado dela. e isso as vezes acontece com agente; nao so no trabalho, mas na escola, na igreja, ou em casa. e é bom perguntar o que mais agente pode fazer para melhorar. boa dica d. Nanda!

Fernanda Suaiden disse...

A tendência do se humano é de sempre querer achar o erro no outro, nunca olhamos para nossos próprios erros. Toda mudança, toda transformação está em NOSSAS mãos, ou seja, nós devemos olhar para dentro de nós, reconhecermos aquilo em que podemos mudar (pra melhor, é claro)e agir com determinação e sobretudo com fé. Por isso sinto-me privilegiadíssima em fazer parte dessa obra magnífica que é a obra da IURD, que nos ensina, nos exorta, nos faz pessoas melhores. Obrigada D. nanda, amo demais essa nossa família Universal.

Mila Namibia disse...

A bíblia diz que não há limites em nós mas nos limitamos pelos nossos próprios sentimentos. Eu aprendi que a minha aparência física não é a causa dos meus fracassos mas as minhas ações é que determinam o meu sucesso, Beijos , Mila.

akira disse...

Tudo depende de nos
Tanto o sucesso como o incusesso esta em nossas maos.
O segredo esta em voce amar o que faz e fazer com prazer pois ai sai perfeito.
Beijos, Dna Fernanda
Akira, Namibia.

Nanda Bezerra disse...

Querida Priscila, que petulância nada!

Muito obrigada por me corrigir com todo o carinho e cuidado de não ofender.

Publiquei seu comentário, para que outras amigas venham aprender junto comigo...

Beijocas!

Josemária Carvalho disse...

Que forte!!!
As vezes achamos que o defeito está nos outros ,quando na realidade está em nós.

Um big beijo.

elianeivone disse...

Eu entendi que tudo que vinher nas minhas maos para eu fazer, tenho que fazer excelente, pois nao importa quem sou, cor etc... o que importa e quando eu faco a diferenca o meu melhor. Beijinhos Eliane

Melanie disse...

Isso me fez pensar em relação a Deus... pessoas que não conseguem enxergar que estão fazendo algo de errado e por isso não obtém respostas (o que no caso seria a promoção)
E se acham "coitadinhas", acham que Deus simplesmente não as responde por motivos que nada tem a ver, nesse momento o diabo faz a festa semeando a dúvida.Começam a achar que estão sendo injustiçadas, não vendo que o sobrenome de Deus é justiça.Como essa moça que pensava que era racismo o que na verdade não tinha nada a ver.
Que bom seria se todas essas pessoas fizessem o mesmo, e abrissem o coração para Deus com sinceridade e humildade principalmente, enxergando que o erro nunca estará nEle e procurando onde devem se concertar e mudar, como ela fez.
E a consequencia é justamente ser respondida,se sentir mais confiante consigo, passar a amar tudo o que faz e por ai vai...
Eu tenho certeza que se um patrão fez isso imagina o nosso Deus.

Beijinhos !!

Natassia Souza disse...

As vezes nos fazemos de "coitadas" e nao nos atentamos para os verdadeiros motivos de nao sermos abencoadas...

Isso serve para qualquer area de nossa vida...

Muito bacana...

Bjinhos

Na fe!

Eunice Nkalankala disse...

O ser humano tem tendencia de culpar alguem, do seu fracasso. Eu creio que nada nem ninguem pode nos impedir a crescer quando a gente e excelente.
Na vida sempre teremos desafios, mas esta tudo em nossas maos.
Eunice Namibia

Vacy domingos disse...

sVacy jengue

Boa noite Dna Nanda e verdade na maoria das vezes as pessoas gostam de atribuir a culpa nas pessoas sem ela saber que tudo esta nas maos dela o sucesso e a derota nem importa parencia o que importa e o espirito excelente entao sera bem sucedida em todos sentidos beijinhos

Vacy Namibia

Michelle Rosa disse...

Preciso de uma orientação em particular... Qual email a senhora poderia me atender!!!
Bejinhos! O Blog esta maravilhoso!