segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Átrio ou Altar


"Eu quero servir no Altar"

Muitos dos e-mails que recebo, possuem essa pequena frase.

Agora vamos raciocinar juntas no que há de errado nela, okay?!

Quando você tem uma pessoa trabalhando na sua casa. Quem diz e escolhe aquilo que ela vai fazer, é ela ou você?

Você está empregando aquela pessoa para te servir correto?

Então, você diz aquilo que ela vai fazer cada dia da semana, onde vai limpar, as roupas que vai passar. Se vai cozinhar, você diz aquilo que ela deve cozinhar e assim por diante.

Agora vamos fazer de conta que você é essa empregada doméstica.

Aí, você chega para trabalhar e diz para a sua patroa "Olha Dona Fulana, hoje eu não quero passar roupa, quero sentar no sofá e assistir TV!"

Gente, a cara da dona fulana até que ia ser muito engraçada, pois ela não espera uma atitude dessas! Mas ela não ia achar muita graça e provavelmente, iria te colocar no olho da rua...

Meu ponto é o seguinte... Amigas, quem quer servir, principalmente a Deus, não escolhe onde servir, está apenas sempre pronta para fazer o que Deus mandar...

A obra de Deus não é como uma profissão que você escolhe fazer, é um chamado.

Outro dia uma jovem me escreveu "Eu parei de estudar, pois quero servir no altar e estou esperando ser chamada!"

Falei pra ela que achava aquilo errado! Pensem comigo...

Imagine se ela não é chamada? Parou de estudar! Está "parada" no tempo esperando... E até quando vai ficar esperando???

Posso vê-la, muito tempo depois, frustrada, desanimada e se voltando contra Deus e a igreja!

E tem mais!!!!!

Puxa, quer dizer que para conquistar no mundo, você estuda, mas para Deus, para fazer a obra Dele, você não precisa fazer nada, não precisa desenvolver a sua mente?!!

Não estou dizendo que ter estudo é um requisito para fazer a obra de Deus, não de jeito nenhum!
Temos muitos homens e mulheres de Deus que não tem estudo nenhum e estão arrebentando e na fé, mas com certeza não foi escolha deles!

A obra de Deus é maravilhosa e muito versátil também!

Olha, desde que estou fazendo a obra de Deus, já fiz de tudo um pouco... Limpar banheiros, limpar igrejas, dei aulas de Inglês, apresentei um programa de televisão, programas de rádio, aconselhamento, trabalhei e ainda trabalho nos escritórios fazendo contabilidade e outras coisas, fazemos visitas em hospitais, azilos, orfanatos e casas, ajudo meu marido nas correções de jornais e folhetos que preparamos, escrevo nesse blog!
Puxa! Paro por aqui, mas ainda tem muito mais!!!
E você ainda acha que não precisa fazer nada para acrescentar? Desenvolver a sua mente, será que não ajudaria?!

Enquanto você não é escolhida, tudo que você investir em si mesma, quando você vier para o altar (se vier), aquilo vai ser aproveitado e multiplicado!!! Você vai poder ajudar muito mais!

Claro que você pode aprender as coisas! Mas se já soubesse não seria mais rápido e mais fácil?

Tenham visão amigas, a obra de Deus não é algo pequeno e fácil!
O "desejo" de fazer a obra no altar pode até existir no seu coração, mas o poder e o realizar pertencem ao Senhor... Ele escolhe, Ele chama!

Viva uma vida que venha a glorificar o nome Dele e quando o chamado vier, você terá algo a sacrificar...

Seu desejo precisa ser o de servir, onde quer que seu Senhor escolha.

Átrio ou altar, a escolha é Dele e não nossa!


46 comentários:

Juh Muniz disse...

D. Nandaaa, esse texto foi mt forte, me identifiquei taaanto! Por muitas vezes fui apontada e até olhada mal por nao dizer a famosa frase: "eu quero ser esposa de pr" ou "eu quero servir a Deus no altar".

Dia desses o meu pr me perguntou isso,se eu queria fazer a obra no altar e eu respondi que nao importava aonde eu iria servir, o que eu queria era SERVIR.

Deus conhece nosso interior e somente Ele sabe o lugar que será melhor pra nós, o que acontece é que mts so querem ser esposas pelo titulo.


Ainda existem aquelas que dizem: Sacrifiquei td pelo altar, mas o tudo delas qual era? Uma casa numa periferia (comunidade, favela, ou qqler outro nome), um emprego cujo salario era 1 ou 2 salarios mínimos? É "grande renuncia"...


Sinceramente acho até que seja mais que um chamado, pois mts serão chamados, mas poucos serão escolhidos.. vejo o altar como uma escolha. O problema é que as pessoas acham que essa escolha é nossa, e na vdd nao é. É Dele.
A obra é Dele. O altar é Dele. A escolha, nao poderia ser diferente!


O Altar, na minha opiniao, é uma consequencia. Uma consequencia do nosso trabalho. Afinal, se nao realizamos grandes coisas enquanto somos obreiras, vamos assim fazer quando tivermos no altar? Provavelmente não!


Gostei mt mesmo do tema de hoje! Espero que ajudem a mts!! Na fé!

Alessandra disse...

Poxa dona Nanda, eu amei esse post.

Arrebentou!!
Deus abençoe a sra

Anônimo disse...

Olá D. Nanda,
gostei muito do texto, e do comentário da Juh Muniz, muito inteligente... Eu cheguei no altar realmente pela vontade de Deus, quando comecei a namorar meu marido éramos obreiros, não tinhamos pretensão do altar, mas Deus o chamou, colocou esse desejo no coração dele, e já sabíamos que éramos feitos um para o outro, ele me disse que eu teria que esperá-lo porque o seu desejo agora era servir a Deus, eu simplesmente disse "eis-me aqui", eu espero, se Deus nos quer lá, então iremos,eu nunca havia imaginado ser esposa de pr, minha mãe até me disse uma vez que não gostaria que eu me casasse com pastor, porque pastor não ligava pra família e eu respondi a ela que eu não sabia o que ia acontecer, estava ali para fazer a vontade Deus, posso hoje ainda ver essa cena na minha mente... Realmente eis-me aqui, já são 15 anos, eu não me escolhi, Deus me chamou... Aconteceu, passei por muitas lutas, esperei 03 anos para casar, dentre os quais 1 ano e meio foi sem ver marido que estava em outro estado e não podia me visitar, e por causa do meu trabalho não podia ir também, eram apenas cartas e telefonemas todas as semanas... e várias mulheres dando em cima dela, e outros tantos homens (obreiros e incrédulos) no meu... Mas Deus nos chamou.. Realmente, é aguardar o chamado de Deus, e continuar a sua vida... Nenhum discípulo que o Senhor Jesus chamou estava desempregado, todos trabalhavam, Pedro Tiago estavam recolhendo suas redes ao voltar da pescaria, e assim vai, Lucas recolhia impostos.
Então, meninas vivam suas vidas e esperem que Deus irá chamar, a bíblia diz que " a benção antecipada torna-se maldição", e servo não escolhe aonde servir ele simplesmente serve, porque reconhece o Senhor que o livrou da escravidão do pecado e o serve por opção.
Beijos,

Ligia disse...

Dna Nanda,

Estou sem palavras...

É exatamente isso!

Na fé,

Ligia

Dayanni da Silva disse...

olá dªNanda!!!
É pura verdade,existem muitas jovens que pensam assim,mas ainda bem que Deus através da senhora pode esclarecer.
A cada post colocado é uma direção para nossas vidas.
Que Deus lhe abençoe e continue dando muita sabedoria,para nos ajudar!!!!

Irlaniane disse...

Olha d.Nanda eu nao poderia deixar de escrever esse comentario porque eu tenho esse ''desejo''de servi no altar, mas sinto que estava meio que estacionada sei lá meio focada nesse querer e não conseguia caminhar para um rumo em minha vida mas após ler esse post vir que isso nao é certo e que o realizar, se for da vontade dele, é de Deus e não meu...obrigado senhor por ter usado a tua serva Nanda para falar comigo e me dar uma direção.beijinhos!!!

Fernanda Londe disse...

Muito forte este post, e muito esclarecedor tbm.
Tenho em meu coração o desejo de Servir, se é no altar ou não, servir com todo o meu melhor, sempre digo isto tbm, que esta obra é de Deus, é Ele quem poe o querer e faz o realizar..

Deus abençõe a senhora...

Orlanda de Souza disse...

Pois é D. Nanda e amigas, vou lhes passar o que passei, esse é o segredo, (não pedir )eu me lembro quando era do grupo jovem eu somente pedia a Deus para ser usada por Ele! como eu pedia nossa!!! me lembro...a cada dia fui sendo usada sem eu perseber, fui levantda a obreira e com apenas 1 ano de obreira já assumia grandes responsabilidades na igreja, na obra de Deus e Deus me escolheu para estar hoje fazendo a obra como esposa de pastor e nunca pedi a Deus! Mais hoje agradeço por estra como esposa de pastor.E até hoje estou sendo usada por Deus porque somos instrumentos na mão Dele,e o instrumento não pede como será usado apenas se deixa levar!!! e é assim que me deixei levar sendo usada a cada ano que passasse!

Então isso que D. nada falou é legal, importantissímo, sirva-nos apenas pra pensar e pedir a Deus para ser usada por Ele.
beijinhosss e jesus te abençoe

Anônimo disse...

Olá Dona Nanda, bom dia
Realmente é Deus que está a frente de tudo.
Me lembro quando cheguei na igreja, não tinha desejo de servir a Deus como obreira. Gostava do trabalho de evangelizar e tudo mais.
Porém, queria estudar e conquistar outros objetivos principalmente profissionais.
Estudei, conquistei e nesse meio tempo Deus foi trabalhando dentro de mim, e o desejo de servir a Ele como obreira foi nascendo.
Hoje estamos ai servindo a Deus e como a sra disse, tudo o que a gente aprende acrescenta muito e podemos colaborar muito mais na obra de Deus.

Um grande abraço.
Deus continue a te abençoar.

Camila Marques
Brasil

Jana Fernandes disse...

As meninas acham q ser esposa de pastor é só andar bonita e bem vestida pela igreja. Elas se esquecem do sacrifício q vcs fazem TODOS OS DIAS; que não tem nada fácil na vida de vocês; que a igreja precisa SIM de pessoas com estudo, para ajudar mais no trabalho.

A maioria das meninas q querem ser esposa de pastor (eu, particularmente, acho estranho esse título: acho q devemos ser esposa do nosso marido, e não do cargo q ele ocupa)param de estudar; não evangeliza mais, para não se exporem (!) e ficam na igreja todos os dias super produzidas para ver se garantem o pastor.
Desculpe minha sinceridade, mas isso tem q mudar! A mulher precisa perceber q tem um poder sobre o homem MUITO grande! Pastores precisam de mulheres dispostas a trabalhar e não belos parasitas!

Muitos tem oportunidade de estudar, de crescer,antes de fazer a obra de Deus! Isso sim, é sacrifício: abandonar uma vida abençoada em prol da obra de Deus! Concordo com a Juh Muniz sobre a "grande renúncia": deixar p/ trás uma casa na favela e um emprego de salário mínimo? Acho estranho...

Muitos veem a obra c/ uma escapatória p/ se tornar 'alguém na vida'. Eles esquecem q fazer a obra é uma luta incessante contra o diabo e NÃO É BRINCADEIRA. Eu sempre digo o seguinte: brinca comigo, mas não brinca com a obra de Deus!
É muita responsabilidade, sacrifício, desgaste físico e emocional. Ai muitos dizem: é pela fé! É pela fé inteligente e consciente e não pelo oba-oba!

Gosto muito da sinceridade e simplicidade com a qual a senhora expõe os temas, sem nenhum tipo de receio!

Q o Espírito Santo de Deus continue abençoando seu ministério e o de seu esposo!

Beijão!

Sabrina Sberse disse...

Sabe, dona Fernanda, fiquei mto feliz com o assunto de hoje. Sempre que me questionam sobre onde quero fazer a obra, sempre digo que isso depende da vontade de Deus, e que, enquanto isso, eu preciso arrebentar e ter um grande testemunho no átrio, pois se for pra ir pro altar, é pra contar o meu testemunho de vida e não ficar citando exemplos de outras pessoas, apenas. Uma vez um pastor me disse que a escolha era minha. Questão de meses ele não estava mais na obra... Claro, ele entrou na obra por uma opção dele, e não de Deus!
Obrigada pelas palavras, guerreira de Deus, que Ele conserve a srª sempre aos pés dEle, fazendo a diferença nesse mundo!
beijão!

ObrSara disse...

Muito bacana!

A escolha é dEle, por isso temos que aproveitar para aprender mais coisas que possam ser ultilizadas na OBRA!

DEUS ABENÇOE !

Anônimo disse...

Que Deus a abençoe por esta direção.
Passei para minhas amigas que vivem com este pensamento.
Um forte abraço.
Valéria Oliveira - São Paulo - Brasil

Fernanda disse...

POXA DONA NANDA ..FALOU TD...JA TINHA ISSO DENTRO DE MIM...MUITAS DAS VEZES SOU ATE JUGADA POR PENSAR ASSIM...TENHO ESSA VISÃO...FALOU P AS OBREIRAS DA MINHA IGREJA Q QUEREM FAZER A OBRA NO ALTAR Q NAO DEVEM PARA A VIDA DELAS EM PROL DISSO...ENQTO DEUS NAO CHAMAR...ELAS TEM Q TESTEMUNHAR NA VIDA DELAS O MELHOR DE DEUS..MUITAS ATE DEIXARAM DE ESTUDAR..FICO REVOLTADA...POXA ERAM P ESTAREM LA NA FRENTE E ESTAO COM A VIDA AI PARADA..E FRUSTADASSSS...PARADASSS NO TEMPO...ESPERANDOOOOOOO...O ERRO DE MUITAS...
VALEUUUUUU...TENHO MAIOR PRAZER DE LER TODOS OS DIAS SEUS DOCUMENTARIOS...TEM ME AJUDADO MUITO...ME IDENTIFICO COM SR.RSRS
ABRAÇAO NA FÉ...Q JESUS VENHA USA CADA DIA MAIS.

Anônimo disse...

Agradeço a Deus que através do Espírito Santo lhe dá direção sobre as orientações. Esse ensinamento para mim foi muito forte. Só Deus sabe o quanto quero servi-lo no altar, mas hoje após ler esse artigo fiz uma oração com dor na alma, mas fiz, que seja feita a vontade de Deus não a minha.
Abraços

thais disse...

AMIGAS DIANTE DE TANTOS COMENTARIOS, AQUI ESCREVO MEU TESTEMUNHO. CONHECI MEU ESPOSO QUANDO TINHA APENAS 15 ANOS,ELE ERA PASTOR E EU APENAS UMA MENINA QUE APENAS ESTAVA COMEÇANDO MINHA VIDA COM DEUS. EU ME ENTREGUEI,
ME DEDIQUEI BASTANTE NA MINHA VIDA ESPIRITUAL, EVANGELIZANDO,ME BATIZEI NAS AGUAS E ENTREI NA AULA DE CANDIDATA A OBREIRA. DEPOIS DE ALGUNS MESES FUI LEVANTADA A OBREIRA E A DEDICAÇÃO AUMENTAVA A CADA INSTANTE.ALGUN TEMPO DEPOIS O PASTOR ME PROCUROU E PEDIU UMA FOTO MINHA E PERGUNTOU SE EU QUERIA COM ELE, MINHA RESPOSTA FOI NAO... QUERIA CUIDAR DA MINHA VIDA ESPIRITUAL E AQUELE AINDA NÃO ERA O MOMENTO PARA ME PREOCUPAR COM A MINHA VIDA SENTIMENTAL. BEM RESUMINDO ALGUNS MESES DEPOIS COMEÇAMOS A ORAR E DEPOIS VEIO O NAMORO( TUDO TEM A HORA CERTA)LEMBRE-SE DISSO.CASAMOS QUATRO ANOS DEPOIS, COMO VOCÊ PODE PERCEBER NÃO FOI RAPIDO, EM QUATRO ANOS SE FAZ MUITA COISA... ENTREI NA UNIVERSIDADE E TRABALHEI NA TELEVISÃO COMO PRODUTORA.
TEMOS QUE DAR TESTEMUNHO, PARA QUE O NOME DO SENHOR JESUS SEJA GLORIFICADO. LEMBRO-ME MUITO BEM QUANDO FUI ENTREGAR OS CONVITES DO MEU CASAMENTO PARA ALGUNS PARENTES... THAIS VOCÊ ESTA LOUCA!!!VAI DEIXAR TUDO PRA IR PRA UMA CIDADE DO INTERIOR! EU CONHEÇO UMA AMIGA QUE CONHECE A FILHA DO BP MACEDO, ELA ESTA NA EUROPA!
HOJE COM QUASE SETE ANOS DE CASADA CONTINUO SENDO A OBREIRA LÁ DO INICIO DO COMENTARIO. NÃO SOU PERFEITA,TENHO LUTAS, MAS É MUITO BOM SER SERVA, SEJA, LIMPANDO, COZINHANDO, EVANGELIZANDO, PINTANDO, ATENDENDO, AUXILIANDO ETC... O IMPORTANTE É SERVIR!!!
PS- NÃO OHE PARA AQUELAS QUE NÃO FAZEM, OLHE PARA AQUELA QUE FAZEM E PRINCIPALMENTE PRA VC!!! SE EU FOSSE PELO COMENTARIO DA MINHA TIA NÃO ESTARIA AQUI HOJE. AH!!! HOJE ESTOU NO TEXAS, USA. CONHEÇO A D. CRISTIANE E ELA É UMA ESPOSA DE PASTOR QUE FAZ! PENSE NISSO!!!

cris disse...

Lo que realmente importa es servir a DIOS y no simplemente tener un titulo, pues en la vida no habra nada más gratificante que hacer la voluntad de DIOS
Un abrazo

Maria Rosa disse...

Obrigada pela resposta que eu precisava há quase 12 anos...

Fanny Cardoso disse...

Dna Nanda a sra arrebentouuuuuuuuu neste post era tudo e mais um pouco que precisava ler e saber bjuss STefanieee

Hellen disse...

Dona Nanda,acabei de ler o texto.Nossa pedi a Deus ontem uma ajuda,pois estava me sentindo pressionada por algumas situações e a reposta veio a mim.Na verdade a pressão veio mesmo de mim e não dos outros.É verdade quem escolhe,quem chama é Deus.
Que este texto ajude a muitos assim como eu.

Sheila disse...

Arrebentou!
Creio que tudo que a sra. disse irá ajudar a muitas moças e até mesmo rapazes quanto a esse desejo de servir no altar, pois muitos têm deixado de dar bom testemunho em suas vidas, como no caso que a sra. citou alegando o fato de desejarem ir pro altar. Além de ajudar a pessoas que mesmo estando dispostas a servir no altar têm se esforçado para conquistar uma vida abundante e de quando a quando se deparam com pessoas, na igreja e até mesmo na obra de Deus, que a criticam por isto, eu mesma muitas vezes ouvi comentários, críticas e até ofensas pelo fato de estar cursando uma universidade, com a seguinte indagação "se você está realmente a disposição de Deus e do Altar tem que largar tudo", porém aí é que está, alguém que não tem nada, vai renunciar a quê? A Bíblia nos mostra que os homens e mulheres de Deus, ao chagar-se ao altar, sempre era pra ofertar algo, nunca de mãos vazias.
Até mesmo porque Deus nos chama ao tempo definido por Ele e não na hora em que desejamos.

Anônimo disse...

Dna Nanda, Eh mesmo muito forte o que a sra escreveu. Tenho visto que não adianta, os planos de Deus é que na verdade acontecem.

Qt ao altar, meu noivo tem sido meu maior exemplo e testemunho.

Meu noivo, que vinha em sua melhor fase profissional, trabalhava numa grande empresa no Brasil e foi transferido, para um outro pais onde ganharia muito mais do que ganhava aqui ( e mais do que muita gente ganha em 15, 20 anos de carreira no Brasil) e teria um promissor futuro, há dois meses pediu demissão para dedicar-se a obra como pastor. Largou tudo. Não olhou pra trás.

Anoticia foi como uma bomba.Os pais dele ficaram desesperados. Os meus pais, mais ainda.

Vinhamos planejando o casamento, data, casa, lua-de-mel... Mas algo era claro pra nós dois: Qd Deus falasse - vem, ele iria. E foi o que aconteceu.

A filha que se casaria com um engenheiro, agora vai casar com um pastor...sem data definida, sem condiçoes definidas...

Para minha mãe, também obreira, pude responder: Mãe, eu sou sua maior Fogueira Santa, e se a sra. enchegar a minha ida para altar assim, o Nosso Deus vai te honrar como já fez em tantas outras campanhas.

Para mãe do meu noivo respondi que simplesmente não se esconde uma cidade edificada atrás dos montes e não temos como fugir qd algo está dentro de nós...

Para nossos familiares...não adianta, somos loucos mesmo. Ele por largar toda a “vida”.Eu, por compactuar com essa loucura.

Pra todos, na verdade, a resposta quem dá é o apostolo Paulo em 1 Timóteo:

“Se Alguém Deseja o Episcopado, Boa Obra Almeja‏”

bjos a todas!

Benvinda disse...

Boa noite d. Nanda
Está têm sido a ralidade de muitas meninas na igreja assim também como foi a minha um dia.
Eu fui levantada a obreira com 15 anos e sempre tive o sonho de servir á Deus no Altar. Então logo que terminei o ensino médio não me interessei em fazer um vestibular e achava que era besteira estudar. Pois bem dona, fiquei nessa por alguns anos até que eu olhei para atrás da minha vida e vi que não havia conquistado nada e que a minha vida estava parada enquanto eu só estava " esperando". Fui então que parti para a luta, hoje eu estou cursando uma faculdade, sou funcionária pública e tenho feito vários cursos que têm acrescentado bastante na minha vida profissional. Porém se eu tivese abrido minha visão antes era para eu estár bem mais na frente. E acredito se Deus me chamar eu terei que o que sacrificar.
Deus abençõe a senhora

Ana Cláudia Santos disse...

A senhora disse uma verdade que muitos não conseguem enxergar. Tem muitas garotas pensando que ser esposa de pr é ser uma "bonequinha" porque veêm esposas de prs assistindo reuniões arrumadas e de cabelo escovado, mas eu sei que não é bem assim, a obra de Deus é bem árdua e sacrificante.
Eu sempre tive o desejo de fazer a obra de Deus no altar, mas eu sempre digo que seja feita a vontade de Deus, aonde ele me colocar pra servir irei servir, porque eu sei que Deus tem um plano na vida de cada pessoa, planos que desconhecemos, e muitas vezes não sabemos o que é melhor pra a gente, mas Deus sabe.
Acho um absurdo meninas que não procuram fazer faculdade ou cursos simplismente porque querem fazer a obra, não somente meninas mas rapazes também.
A senhora disse tudo o que eu tentava explicar pramuitas pessoas, e algumas não entendiam ou discordavam, mas eu sei que depois que elas amadurecerem na fé, elas entenderão.

barbara disse...

Exelente o tema de hj dona nando pois o ke n falta nos dias de hj na nossa igreja sao mais e masi pessoas dizendo ke kerem fazer a obra no altar mas muitosss nem pensam e nem sabem oke falam!!!!!

bjosssss
barbara
portugal

Bruna disse...

Deus chama aqueles que deixam sua vontade ser feita na suas vidas

paully santos disse...

O brigada D. Nanda; a senhora acabou de revelar para mim algo que ha muito vinha mim perturbando. Tinha muita duvida em relação a isso; é como a senhora disse muitas pessoas querem escolher onde vai servir. Só que o verdadeiro servo ele servi em qualquer lugar e de todo o coração. Pode ter certeza que apartir de hoje terei um pensamento completamente diferente.

Anônimo disse...

Dona NAnda, a senhora nem imagina a importancia desse post. Muitas vezes eu passei desertos por esse assunnto.
Minhas amigas, que hoje até namoram com pastor, só vivem em função da obra. Não estudam mais, não trabalham, apenas ficam em casa aprendendo a ser uma boa dona de casa. Eu tenho a mesma idade delas, também sirvo a Deus, namoro com um homem de Deus que está na obra, mas por fazer faculdade e estar estagiando,sou recriminada. Sei que eu tenho que ser uma boa dona de casa, me esforço ao máximo para isso, mas quero sacrificar o meu melhor se Deus me chamar para o altar...MAs uma vez, obrigada pelo post, foi de grande ajuda! Deus continue abençoando e por favor, não pare de postar, suas palavras tem me fortalecido na fé.

Lilian C. Sobral disse...

Não sei se poderia acrescentar mais ao que foi dito pela sra! É o que sempre vivi e tentei (ainda tento) passar aos obrs mais novos: O altar não é profissão, é vocação! É Deus quem os escolhe, não nós. E a parte em q a sra fala de ter o q sacrificar: Foi o que mais me impulsionou a fazer uma faculdade! Sempre achei que ir para o altar já deve ser um sacrifício, pois a vida no altar é um constante sacrifício. Hj, se átrio ou altar, Deus o decidirá. Mas se no momento estamos no átrio, vamos glorificar o Deus que servimos, porque para o servo não importa onde ele serve e sim como ele serve! Deus precisa ver em nós um coração disposto e desprendido!

Suzana Moreira disse...

amei o post pois existem muitas pessoas que até sem kerer pois tem o desejo de (as vezes) está 25h na IURd e acabam achando que a melhor opção é pára a vida para se dedicar mais, enquanto elas poderiam até ser mais usadas por Deus ser continuassem estudando(podem ser até mesmo usadas ainda mais por Ele)

Lúcia disse...

Fantástico seu texto, vou publicar no http://www.cristaodauniversal.com.br/ .
Disse tudo que eu penso mas nao conseguia expressar!!

Gislaine disse...

Mt forte, poxa esses dias eu estava conversando com uma jovem sobre isso, quando Deus camar para fazer a obra no altar não posso deixar minha familia na miseria, por isso devemos lutar tbm pelas nossas outras areas da vida ,a vida Não para, realmente quando vc diz que quer servir aonde Deus mandar as pessoas nos "apedrejam"...mas esse post abriu minha mente vou servir onde Ele mandar.
Fale mais siobre esses assuntos pois nos ajudam muito.Deus abençoe abundantemente

Aline Marks disse...

Oi D. Nanda,

As vezes é dificil entendermos isso, falo isso, pq apesar de eu estar ne presença de Deus e servi-lo desde os 14 anos, eu achava que meu lugar era no altar e ponto, então eu me enganava fazendo um curso na faculdade que não gostava, so pra não ficar esperendo ir por altar sem fazer nada, costumo dizer que eu vivia uma vida provisória, tudo que ue fazia, apesar de dar o meu melhor, eu fazia pensando que aquilo era momentaneo pq em pouco tempo eu iria pro altar, e não, eu não namorava um pr ou algo assim, vivia apoiada num futuro distante, e sempre reclamava, sem olhar pra tudo que Deus estava me dando anquele exato momento, ha 2 anos e meio minha ficha caiu, e vi que aquele não era o modo de viver que Deus queria pra mim, Ele me fez enchergar que eu estava servindo Ele, em tudo que eu fazia,e que se eu quisesse mesmo ser realizada eu precisava viver o hoje, fazer a diferença hoje, pq o amanhã só Deus é que sabe..... eu resolvi fazer coisas que eu sonhava, e que me privei durante 9 anos pq ficava com a ideia fixa de estar no altar. Hoje faço um curso na faculdade que amo, trabalho no que gosto, viajo quando quero, e sei que na hora certa Deus vai me dar a pessoa certa. Qd resolvi viver a minha vida, e não o futuro, toda sensação de frustração e inutilidade que me atormentavam as vezes sumiram, e hoje não me importo mais onde vou servir, mais sim em servir, e Deus tem colocado coisas em minha mão que eu nunca imaginei que teria.

Beijinhos
Amo a sra.

Aline

Melanie disse...

Gostei muito desse texto !
Aliás já tem um tempinho que vejo o blog da senhora, já li todas as mensagens e gostei muito ! =)
Gostei muito desse texto !
Aliás já tem um tempinho que vejo o blog da senhora, já li todas as mensagens e gostei muito ! =)
Isso serviu para mim no ponto que eu não posso esquecer jamais que é a vontade de Deus e não a minha, tenho mesmo é que entregar nas mãos de dEle pois é Ele quem sabe de todas as coisas e só quer me ver feliz, então Ele é quem sabe.Eu sempre tive o sonho de me formar, fazer direito e crescer muito na profissão para honra e glória de Deus, mas já faz um tempo que o desejo de servir à Deus no altar vem me visitado e está no meu pensamento, pois sei que fazendo o que antes era o meu sonho não teria muito tempo mas que enquanto eu estaria lá com sucesso arrebentando um monte de pessoas morrendo, sofrendo sem conhecer a Deus.Devido a isso comecei a pensar assim, mas que seja feita a vontade de Deus, eu quero é servir.Ele sabe onde o lugar de cada um de nós.

Não tem nada de errado em ter esse desejo, só devemos pesar o porquê desse querer ( pois se for algo por vaidade ou coisa do tipo não vai dar certo) e estar pronta para seguir aonde Deus quiser.O que não pode é estacionar as nossas vidas e ficar esperando por isso, ou achar que a Obra servirá de cabide para alguém que não gosta de estudar ou coisa o tipo(eu já escutei comentário do tipo como se fosse juntando o útil ao agradável). Não mesmo, aquele que abre mão de pouco, pouco terá já aquele que abre mão de muito muito terá.Para mim é ai que está a beleza da Obra o/a jovem que abre mão de toda uma carreira, uma vida boa que tinha para servir à Deus, estar a disposição dEle sem nenhuma estabilidade para divulgar o evangelho de Deus.Isso é sacrifício!!

Que Deus continue abençoando muito a senhora e o seu ministério !

Não tem nada de errado em ter esse desejo, só devemos pesar o porquê desse querer ( pois se for algo por vaidade ou coisa do tipo não vai dar certo) e está pronta para ser levada para onde o vento soprar.O que não pode é estacionar as nossas vidas e ficar esperando por isso, ou achar que a Obra servirá de cabide para alguém que não gosta de estudar ou coisa o tipo(eu já escutei comentário do tipo como se fosse juntando o útil ao agradável) Não mesmo, aquele que abre mão de pouco, pouco terá já aquele que abre mão de muito muito terá.Para mim é ai que está a beleza da Obra o/a jovem que abre mão de toda uma carreira, uma vida boa que tinha para servir à Deus, estar a disposição dEle sem nenhuma estabilidade para divulgar o evangelho de Deus.Isso é sacrifício!!

Que Deus continue abençoando muito a senhora e o seu ministério !

Anônimo disse...

Ola D. Nanda...
Me identifiquei muito com esse texto, pois eu sempre disse que nao queria ser esposa de pastor, apesar de muitos me julgarem por isso, mas Deus mudou meu coração e disse a Ele em oração que queria fazer a sua vontade indepente de onde fosse, nao queria um titulo mas sim a Sua Santa vontade em minha vida. Enquanto isso envisto em mim, se ele me chamar para o altar terei o que sacrificar e talvez serei mas util com alguma coisa, se nao continuarei dando meu melhor no atrio, pois o objetivo e sempre o mesmo ganhar almas...
Que Deus te abençõe muito, tenho certeza que muitas jovens serao abençoadas por este texto.

Caroline disse...

É a mais pura verdade!
Quando eu cheguei na igreja eu tinha uns 5 anos e eu e minhas amigas sonhávamos em ser esposas, tempos depois eu estava meio brava e queria ser rica pra me "vingar". Hoje eu entrego a minha vida nas mãos de Deus, que seja feita a Sua vontade. Eu não peço para servir ou não no Altar, se Ele me chamar, eis me aqui, se não, vou continuar a servi-Lo ganhando almas, ajudando na igreja, escolinha, ou até mesmo com uma profissão que eu escolha que possa ajudar na igreja.
Meu irmão é pastor e ele dizia que queria fazer a Obra mas nunca pediu, tanto que ele prestou vestibular e passou mas o chamado veio e ele largou tudo para Servir à Deus.
Tem gente que pensa que é fácil, mas não é mesmo, pelo contrário, é uma vida muito sacrificada.
Um super beijo dna Nanda, eu amoo seu blog.
Beijos

Luiza disse...

Dona, eh o que eu penso.
faco faculdade e faco ingles e
tudo o q eu faco, me esforco pra fazer o meu melhor, pois em tudo posso glorificar meu Deus. se servir no atrio ou no altar, quero estar pronta para servir. so isso, servir com tudo o que eu fizer, com toda a minha vida. se eu for pro altar, posso usar as minhas habilidades pra ajudar no crescimneto dessa obra maravilhosa.

camila disse...

É verdade devemos saber se Deus nos quer no átrio ou no altar e no que Ele escolher,seremos muito felizes,afinal Ele sabe o que é melhor!

'~' LUANA '~' disse...

Verdade D. Nanda...é justamente o que me digo todos os dias não adianta eu querer pois a certeza vem de Deus eu tenho o Desjo mas espero por Ele para ser chamada....Claro não é por que estou servindo no Àtrio que Deus não irá abençoar....me lanço em cursos....para não ficar a toa....rsrs... e aproveito e o conhecimento obtido e uso para crescer a obra....
Um exemplo tenho curso de informática e desenho.... tenho como elaborar alguns folhetos legais para se como convites....

Franciele disse...

Era chamada para o altar, mas sempre resistia a este chamado, sempre busquei me dedicar ao máximo na obra de Deus como obreira, atendendo incansavelmente o povo, limpando a igreja, fazendo núcleo, enfim, sempre buscando ao máximo aprimorar a minha vida com Deus. Por diversas vezes homens de Deus me perguntaram se queria ser esposa de Pastor, via minhas colegas comentando sobre seus sonhos e de como seria maravilhoso ser esposa, etc. Sempre admirei as mulheres de Deus (esposas) pela sua entrega e amor, mas dizia simplesmente: me casarei com um homem de Deus.
Dentro de mim nem imaginava os planos de Deus, provavelmente me casaria com um obreiro de Fe, mas deixei literalmente Deus decidir o meu futuro, as obreiras até achavam engraçado, pois eu, na minha época, no meu círculo de amizades, era a única que não declarava este sonho e até resistia um pouco à idéia.
Fiz faculdade de relações internacionais, estudava 3 línguas, trabalhava em uma empresa muito bacana no departamento de exportações, ganhava um bom salário, tinha meu carro e, é claro, ia praticamente todos os dias a igreja e SERVIA com amor, pois TUDO que eu tinha havia sido dado por Deus.
De repente, um dia após falar com Deus por diversas vezes que ainda que esperasse mais 10 anos para casar e conhecer um homem de Deus, pois no mundo havia sido enganada e não aceitava que isso me acontecesse na igreja, um pastor usado por Deus comentou que conhecia um pastor de Deus que se encaixaria comigo. Meu Deus, comigo!!! Mas eu nem estava preocupada com a minha vida sentimental, nunca havia imaginado casar com um pastor, que susto! Disse que deveria ser outra obreira (que possuía o mesmo nome que o meu) e ele respondeu: Obreira, existem três coisas que não voltam a trás: a palavra proferida, a flecha lançada e a oportunidade perdida! Ai, aquilo foi forte...
Orei, estávamos vivendo a campanha da Fogueira Santa de Israel de Abraão, como esta que vivemos agora, e recebemos um livro do Bispo Macedo - A Fé de Abraão. Lia com muita sede e as frases se seguiam – “Sai da tua terra, da tua parentela e da casa de teu pai e vai para a terra que te mostrarei”- e eu rebatia:- o que meus pais irão pensar. Mas a voz de Deus ecoava dentro de mim com muita forca, e seguia. Deus pediu a Abraão o seu filho, único filho, que ele amava, Isaque... Ainda que a pessoa tenha um suposto futuro promissor... etc.
E eu na minha ignorância, será que é isso que Deus quer para mim, eu sou tão pequena, será ?? Será?? E a cartada final: Quando servimos a Deus de TODO o nosso coração e entendimento, ainda que nossa decisão seja errada, Deus fará dar certo. Xeque Mate! Epa, é comigo mesmo!
Confesso que tive medo, mas Deus falava comigo, Não temas Eu sou contigo, confesso que fiquei perplexa, aí lembrava que havia um bem maior, algo que se preocupar, pois Jesus está voltando e a única coisa que vale a pena é conservar a nossa salvação e SALVAR!! Deus me pediu os meus sonhos, meu futuro, meu Isaque, minha vida como oferta viva no altar e eu Lhe dei, e daria um zilhão de vezes mais, pois todos os dias em que continuo servindo, atendendo incansavelmente o povo, limpando a igreja e muitas outras coisas que Deus tem me confiado no altar, sei que verdadeiramente ouvi a voz de Deus e sou muito feliz e abençoada por isso. Resolvi sonhar os sonhos de Deus e deixar ELE ser o Senhor da minha vida.
Jurei, por mim mesmo, diz o Senhor, porquanto fizeste isso e não me negaste teu único filho, que deveras te abençoarei e certamente multiplicarei a tua descendência... (Gn 22.16,17)
Na fe de Abraao,
Franciele

Nanda Bezerra disse...

Franciele, gostaria de postar esse seu relato no blog, pode me mandar uma foto sua para nandabezerra@me.com?

chelinh@ disse...

Dna. NANDA..
Eu sou candidata a obr.E tenho 15 anos,eu sei que eu tenho que lutar todos os dias.Eu tenho o desejo de Servir á Deus no Altar,mas princilpamente onde ele quiser,pois estou aquia pra servir e não para ser servida!
essse texto é forte demais...
adorei esse texto..
QUE DEUS LHE ABENÇOE

♥♥ Nayane ♥♥ disse...

Oi..Dona!
Muito forte o que a sra. postou!estou como obreira há mais de 10 anos já vi tantas meninas falando isto! e sinceramente nunca concordei.
Eu sempre falo isto!Que só farei a obra no Altar se assim Deus quiser,trabalho e sou universitária,sempre tive um sonho de me formar, ter um nível superior e sempre fui criticadas por aquelas que não tinha a mesma visão que eu.
Ainda sou cobrada, porque digo que não está nos meus planos fazer a obra no altar, mais também digo!
Se Jesus me chamar nunca direi Não! a ele.
Mais é chato sou cobrada direto por que não me interesso por pastor.
Meu namorado é obreiro é um grande homem de Deus e eu falo direto:
-Amor se quiser ir fazer a obra Vá!
Jamais quero que você deixe de servi a Deus por minha causa.
Eu creio se for da vontade de Deus eu irei mais no momento certo, não porque minha familia ou pastores querem.
Dona.. acho a senhora muito linda e parecida d+ com minha irmã!
Ela também é esposa!
Acho que deve ser por isto que me identifiquei logo com a sra.!
Beijos no coraçãozinho ! :)

Viviane disse...

Dona Nanda, que bênção esse texto...
Simplesmente, muito esclarecedor !

Mas Dona, desculpe incomodá-la pq sei que a srª é muito atarefada...Eu preciso de esclarecer uma coisa que já até havia pensado e decidi perguntá-lo agora pq tem haver com o comentário da Dona Franciele postado aqui....Quando ela diz:..... "(Confesso que tive medo, mas Deus falava comigo, Não temas Eu sou contigo, confesso que fiquei perplexa, aí lembrava que havia um bem maior, algo que se preocupar, pois Jesus está voltando e a única coisa que vale a pena é conservar a nossa salvação e SALVAR!

Quando ela diz que existe um bem maior(no caso é a nossa salvação), .....pois Jesus está voltando e a única coisa que vale a pena é conservar a nossa salvação e salvar. Olha Dona Nanda eu já havia pensado nisso, sabe ? Só não sabia se seria certo pensar assim, pois, se eu me preocupo com a minha salvação em mantê-la sempre, como meu maior tesouro, então eu tbm vou querer salvar....pois quem é salvo, salva ! Então, a pergunta é: seria errado pensar em servir a Deus no altar, como forma de estar guardando a salvação ? E, em consequência disso salvando outras pessoas, pq quem é salvo, salva ?!

No aguardo....e obrigada por tudo !
Que Deus a abençoe !!!
Um Bjinho

Nanda Bezerra disse...

Querida Viviane, fazer a obra no altar não significa que alguém está salvo ou que está desta forma guardando a salvação.

A pessoa pode estar servindo no altar e por causa de um coração sujo ou algo do tipo, consequentemente não estar salva.

Na fé,

Nanda

Suellen disse...

adrosiseBoa tarde, Dn. Nanda!
Desde que entrei pra igreja queria servir a Deus, sempre quis ser obreira, mas NUNCA esposa!
Quando me converti, o desejo de servir aumentou, mas o de ir pro altar era longe. Um dia senti esse desejo, porém "tirei" da minha mente por achar que era mera emoção!
Porém, todos SEMPRE me diziam que eu serviria no altar! Ouvi homens e mulheres de Deus me dizendo: "Você será esposa de pastor" ou "Você vai para o altar" até que um dia estava conversando com um obreiro muito amigo e que eu admiro muito na Obra, mas estávamos falando da esposa dele e depois entramos no papo de lanche do Bob's, nada a ver com a Obra de Deus e do nada paramos de falar, ele virou pra mim e falou: "Suellen, você vai para o altar!", NOSSA! fiquei tensa e abaixei a cabeça, ele perguntou se eu tinha ficado triste e mandou eu deixar Deus me usar! Ali, não era aquele obreiro falando, senti que foi Deus falando comigo! Pois já tinha escutado aquelas frases milhares de vezes, mas aquela vez foi diferente! eu não queria, mas a partir daquele dia o desejo começou! comecei a analisar aquele sentimento, comecei a procurar saber exatamente o que ser 'esposa'. A pouco tempo atrás, mudei de igreja, sai de catedral para ir pra igreja de bairro e, algumas obreiras, depois vieram me dizer que a primeira vez que me viram acharam que eu era esposa, que eu tinha muito jeito e que com certeza eu iria para o altar. Ah, isso me dá uma imensa alegria, pois sei que Deus está falando comigo através dessas mulheres de Deus! Enfim, namoro com um obreiro que está sendo preparado para o altar e cada dia que passa tenho mais certeza que Deus me chamou!