terça-feira, 1 de novembro de 2011

Blá, blá, blá...



No início, eu ia a igreja somente para agradar a “Tia Eliana”(na época mãe do meu namorado e hoje minha sogra querida), ela chamava e muitas eram as vezes que eu não queria ir, mas para não “pegar mal” eu ia…

Foram muitas as reuniões onde as palavras do pastor “entravam por um ouvido e saíam pelo outro”.

Eu achava que mais cedo ou mais tarde ela iria cansar de me convidar, mas que nada, cada dia era uma desculpa…
“Fê, hoje é um dia especial e queria te convidar pra ir comigo”,
“Fê, hoje tem um propósito muito especial a gente não pode perder”,
“Fê, vamos comigo para eu não ir sozinha?” eu achava o maior golpe baixo, mas não queria desagradar…rs

Mesmo com toda essa indiferença aparente, depois de cada reunião, sempre tinha uma palavra que tocava. Até que um dia…

“Fale com Deus agora… Diga o quanto você O ama… Diga que O ama mais que tudo em sua vida… Mais que seus amigos, mais que seu pai…”

“ De jeito nenhum!” Respondi. Claro que o pastor que estava fazendo a oração não me ouviu, mas lembro que foi a primeira vez que falei com Deus de verdade, sem repetição ou palavras vazias, mas com sinceridade.

“Deus, não posso dizer que O amo, mais que o meu pai, pois não é verdade!
Meu pai é o meu querido, meu adorado!
Eu conheço o meu pai, mas não conheço o Senhor!
Mas sabe de uma coisa Deus, eu quero um dia, poder dizer que O amo mais que tudo em minha vida. Eu quero conhecê-lo!”

Nunca esqueci esse dia e essas palavras. Foi quando finalmente, resolvi levar Deus à sério, foi quando minha vida começou realmente a mudar, foi quando a Tia Eliana nem precisava mais me convidar e eu comecei a fazer a minha parte para conhecer à Deus.

Pouco tempo depois… O dia que nunca esquecerei, o dia em que lembrei daquelas palavras e finalmente pude dizer…
“Meu Deus, eu te amo mais que tudo nesse mundo, mais até mesmo que o meu pai!”
Foi o dia do meu encontro com Deus, foi maravilhoso!

Desde o momento que me dei conta de quão valiosa é a nossa sinceridade para com Deus, tomo o maior cuidado, principalmente na igreja, quando vamos lá na frente buscar a Sua presença…

Quantas são as vezes que você somente repete as palavras do pastor sem pensar se aquilo é verdadeiro em seu coração?

Quantas são as vezes que no momento de buscar a presença de Deus, você vai lá na frente levanta as mãos e começa a falar um monte coisas, mas a sua mente, está lá na sua casa, nos filhos, naquilo que tem pra fazer… E as palavras são vazias…

Não se envergonhe de adimitir e encarar a realidade, pois quando não vigio, me pego fazendo o mesmo!

Pois é, o diabo astuto, não nos quer ver louvando à Deus, então ele nos traz os mais variados pensamentos nesse momento e se não luta para espantá-los, você acaba voltando para o seu lugar se sentindo vazia e cada vez mais longe de Dele…

Existiram e existem muitos momentos em que estamos todos lá na frente para buscar a presença de Deus, mas se tem algo me atribulando ou uma preocupação, eu desabafo com Ele primeiro, às vezes estão todos falando em línguas e eu ainda estou desabafando…

Então, na próxima vez que estiver lá na frente buscando à Deus, lembre-se dessas palavras e seja sincera, sem dúvida alguma irá chamar a atenção Dele!

34 comentários:

Cristiane Cardoso disse...

Essa sinceridade tão simples é o que mais falta... só mesmo quando eu fui sincera que conheci a Deus. Enquanto eu me enganava confessando ser de Deus, somente ouvia falar dEle...

Jessica Freitas disse...

Dona, mtu bacana esta postagem, mtu mesmo... pois é a mais pura realidade! Da mesma forma, acoteceu comigo, eu só conheci verdadeiramente a Deus, quando fui sincera dinte d'Ele, sabe, foi muito estranho!(rs) eu estava cansada, pois tinha acordado cedo para ir evangelizar antes da reunião, e não estava com a menor vontade de falr nada pra Ele, e só concordava com a oração do pastor, foi quando caí na real, e não aceitei aquilo, ir evangelizar, dar a minha vida pela Obra, e não conhecer Aquele Deus de quem todos falavam,e até eu mesma falava! e naquele momento fui sincera, eu falei para Deus que eu não estava com a menor vontade de falar nada para Ele, que queria ir embora, mas pedi com mta sinceridade q Ele colocasse em mim o desejo de adorá-Lo, pois não aceitava viver de aparencia, e comecei a falar, e de repente as lágrimas começaram a escorrer pelo meu rosto, e aconteceu! o meu verdadeiro encontro com Deus!! nem notei que a oração já estava acabando, e charava e sorria ao mesmo tempo, parecia que estava soltando um monte de fogos de artificio dentro de mim! foi um máximo!! e tudo por cauza da minha sinceridade...

Que Deus abençõe a srª!!
Bjuss
ah! escreva mais no blog da srª, eu sempre leio o da srª e da D. Cris Cardoso!! bjoooss

Layllah Cristiane disse...

Nossa Dona Nanda muito forte a mensagem da senhora... muito forte mesmoo...
aqui descobri o motivo de as vezes entrarmos na reunião e sairmos da mesma forma quando não somos sinceras fazemos apenas aquilo que o pr está falando...
Continue postando os aritogs pois mto tem me ajudado...
que Deus a abençoe grandemente...

Beijosss

Marcella Fonseca disse...

E amiga...Deus conhece os nossos pensamentos e o nosso coracao!
Vc ia para nao desagradar a sua sogra e eu para nao desagradar a minha mae!!!
Qtas eram as vezes que eu nao estava com a minima vontade de ir, ia me arrastando, so para nao criar confusao em casa...mas o Espirito Santo sempre colocava uma palavra na boca do pastor para mim...
So comecei a ir pelas minhas proprias pernas mesmo, de verdade e com sinceridade, depois q me casei e tive o meu filho.
Ai sim, lembrava daquelas palavras dos pastores, dos conselhos da minha mae e corri para os bracos de Jesus.
Mas temos q agradecer a essas mulheres pela perseveranca e fe delas, pois qtas nao foram as vezes que nos iamos ate de cara amarrada e elas fingiam que nao estavam nem ai!!! KKKK!
Elas foras usadas por Deus e nos apresentaram o caminho...coube a nos tomar posse da bencao!!!
Adorei a mensagem!
Estou voltando no tempo, lembro muito bem dessa epoca!
Bjocas

Jeanine disse...

Sinceridade no coração é o fundamental, para tudo não somente na relação com Deus mas principalmente com as pessoas ao nosso redor.
Deus abençõe a senhora.
Beijuus

Paulo Campos Jr disse...

Eu sempre procurei ter esse cuidado de não falar para Deus palavras baseadas no entusiasmo. Muita gente apenas repete o que o pastor fala e nem sabe do que está falando, agem como robôs e, por isso suas vidas não mudam, suas atitudes, menos ainda.

falando em seu pai, ontem estive na padaria dele, mas ele não estava lá.


Deus abençoe a sra e seu esposo.

Muito boa sua postagem, edificante. Poste mais vezes, tenho certeza que muito ainda a sra tem pra passar pra todos nós.

gislaine disse...

ola, dn Nanda, gostei muito da mesnagem, comigo foi parecido, ia no Grupo Jovem sempre uma palavra me tocava, mas por orgulho ou sei lá acomodismo eu fingia nada ter aconteceid, até que um dia no dia que eu não estava com o minimon de paciencia para ir na igreja uma jovem insistiu mito , e as minha desculpas haviam acabado, então resolvi ir, Foi muito forte, deixei de ser negligente com Jesus e realmente o aceitei.
escreva mais em sueu blog, gosto muito de ler as msg da srª


ps se puder pstar e falar mais sobre o pais onde a srª está eu gostaria muito, quero servir a Deus no altar e creio que um dia estarei ai tbm, ou em algum país da Africa.
Deus abençoe

Anônimo disse...

Dona Fernanda muito bom o artigo. Nos podemos ver através do que a senhora escreve uma maturidade querendo ensinar e nao impor. Contando suas experiências com simples palavras. Eu me sinto assim sabe, eu tenho buscado o espirito santo mais nao consigo e sempre me pergunto por que!? Confesso que muitas vezes tenho duvida sabe, acho que to sendo sincera com Deus mas quando saio da igreja caio nos mesmos erros, é horrivel! Me sinto tao mal! Parece que nunca vou conseguir conhecer a Deus. Mas a partir de hoje vou começar do zero! Vou começar a ser sincera com Deus, acho que isso é o que falta! Bom agradeço desde ja.

Beijos
Ingrid

Maria Paraguaçu Cardoso disse...

Nanda,
O seu blog é muito bacana! Amo ler os seus posts. Mas esse especialmente me tocou de uma forma diferente. Lembro que uma vez ouvi um pastor falar que Deus prova o nosso coração eisso ficou gravado dentro de mim. Às vezes falamos coisas que não correspondem a realidade e nós nem nos damos conta disso, não é mesmo? E Deus sabe de todas coisas, inclusive da nossa sinceridade e Ele se agrada de um coração sincero!
Fique com Deus!

Andressa Antunes disse...

Sinceridade...é essêncial,
é o ponto de partida para a vitória!

Ana Cláudia disse...

Temos que ser sincero pra Deus sempre, até porque é impossível ser falso com ele pois ele sonda o nosso coração. Ele só responde nossas orações quando são sinceras.
Eu te admiro muito D. Fernanda. Que Deus a abençoe cada vez mais.
Beijos.

Karen Alionso Celestino disse...

Dona Nanda, me identifiquei muito com a senhora nesse artigo.
Era exatamente o que acontecia comigo também. O povo ia diante do altar e eu sempre repetindo (embora isso me troxesse tristeza pois não era verdade). Até que um dia eu resolvi ser sincera para Deus e dizer que na verdade 'eu não estou aqui de coração, eu queria estar em outro lugar agora, mas estou aqui como de costume...'
Então resolvi começar a ser sincera com Deus. Enquanto eu ficava falando, repetindo apenas o que o pastor falava, eu voltava para o meu assento me sentindo triste, acusada e falsa.
Quando comecei a ser sincera para com Deus (mesmo que me entristecesse saber que havia coisas ruins dentro de mim), essa acusação foi embora. E como a senhora disse, as vezes todos estão falando em línguas, mas eu ainda estou desabafando o que está no meu coração... isso me faz lembrar de uma música antiga que diz 'words... don't come easy'....
Só palavras são vazias, tem que ter algo mais, a sinceridade do que há no fundo do coração.

raysa disse...

Este foi o melhor texto que eu já li!!! me ajudou muitoo
Eu estou buscando essa sinceridade D.Nanda e sei que vou conseguir.
Como vc teve seu encontro com Deus a senhora nao disse??
Como podemos nos comunicar com a senhora??

andreia disse...

Olá, sou Andreia, esposa de pastor em Portugal e realmente consigo espelhar-me nesta sua palavra. Também eu, achava que não conseguia amar ninguém mais do que o meu pai, que tomou conta de mim e do meu irmão, quando a minha mãe nos abandonou. Mas hoje, comparo o amor do meu pai ao do Paizinho Celestial, e percebo que, se o primeiro me ama impreterivelmente, como sua filhinha querida, muito mais me ama Deus, que deu a Sua vida por mim e me renova com o Seu Santo Espírito, todas as vezes que a Ele clamo.
Achei também muito lindo o trabalho que está a desenvolver na Namíbia, certamente difícil, mas muito frutífero.

Deus a abençoe muito. Amarei, um dia, conhecê-la pessoalmente.

Com carinho, Andreia Petrucci

Anônimo disse...

Realmente, a sinceridade é a chave, pq somente Deus conhece o mais profundo do nosso coração.Porém ele quer ouvir a nossa voz...

Fê disse...

Olá Dona Nanda, gostaria de pedir uma orientação, alias, gostaria de tirar uma duvida que sei que não é apenas minha, mais de muitas, gostaria, se fosse possivel que a srª, nos explicasse o que é nascer de Deus, ter um encontro com Deus, cada pessoa tem uma opinião sobre esse assunto, mais eu gostaria de saber ao certo!


Desde já agradeço!

Fê!

Tarina disse...

Lembro-me de dizer várias vezes: Eu não te amo porcaria nenhuma, se eu te amasse não estaria fazendo isso ou aquilo.
Quando não estamos sendo sinceras copiamos a oração do pastor, parecemos gato miando ou espirrando com aqueles famosos "sssiim, meu Deus".
Quando veem algum pensamento para eu me distrair, presto atenção no que falo, me mexo, mas não aceito terminar a busca do mesmo jeito. Sempre falo pra Deus que não estou O louvando porque é o momento da oração.
Meu batismo com o Espírito Santo foi assim também: todos buscando, louvando e eu lá revoltada dizendo que não aceitava a situação, pois queria a condição para servi-lo. Aquele foi o dia do meu batismo.

mileine Hypolito disse...

obrigada

Aldaires disse...

Foi lindo o que aconteceu, vc foi sincera e Deus te buscou. Deus continue lhe abençoando muitíssimo.

Anônimo disse...

Nossa muito forte esse post dona Nanda. Vou me lembrar disso na proxima busca... pq o q de fato chama a atenção de Dues é a sinceridade!! Muito obrigada, q Deus abençoe muito!!!!!!

Camila Cordeiro disse...

Meu testemunho dona Nanda..
Era um domingo pela manhã, aliás um lindo domingo, e eu estava na Casa de Deus. Eu havia convidado os meus pais para irem na igreja. Eu estava esperando eles chegarem, e para minha surpresa, eles não foram. Na hora, eu fiquei muito triste, meus olhos se encheram de lágrimas, mas eu permaneci ali ao lado do Altar, servindo a Deus, porém muito triste.
Nesse momento, o pastor começou a oração pela família e eu comecei a orar:

''- Senhor, abençoe a minha família, salve-os, faça com que eles Te conheçam!''

A resposta veio imediatamente. Deus me disse na mesma hora:

-''Como você quer que sua família me conheça, se nem ao menos você me conhece?''

Nossa!!! Que tapa na cara! Fiquei até sem palavras. (rsrsrs). Agora eu dou risada, mas confesso que não é nada fácil ouvir uma verdade como essa, ainda mais quando você sabe que a Pessoa que está dizendo isso nunca mente. Eu fiquei desnorteada, mas no primeiro momento pensei:
''Deus não falaria assim comigo, afinal eu conheço a Ele, eu sou obreira, estou aqui de uniforme. Acho que foi um engano, não foi, meu Deus?''

''-Não foi um engano, minha filha. Estou falando com você mesmo, não se faça de desentendida.''


Me calei na mesma hora. Acabou a oração da família, e o pastor começou a pregação. Um bebê chorava, e eu já estava indo pegar a criança no colo quando o pastor começa a pregar:

''-Você conhece a Deus? Como você pretende salvar sua família, fazer com que eles conheçam a Deus, se nem você O conhece? Primeiro, conheça a Deus, e depois tudo se resolve.''

Imaginou a cena? Parei de fazer tudo que eu estava fazendo e prestei atenção em todas aquelas palavras. Era Deus confirmando. Era como se Deus dissesse: ''Se você não crê que fui eu que falei com você aquela hora, agora você pode escutar o homem de Deus? Estou usando ele.''

Gente de Deus, se eu pudesse ter um caderno na hora, para anotar tudo o que o pastor dizia... Era a minha vida que ele estava contando para o povo. Eu nem piscava, não olhava nem para um lado e nem para o outro. O bebê chorava, pessoas levantavam, e eu estava atenta mais do que nunca. (Também pudera né?)

A pregação terminou, e eu não via a hora de começarmos a busca do Espírito Santo. Foi quando o pastor disse:


''Fiquem de pé, quem entre vocês deseja conhecer a Deus? Mas você tem que ter sede, senão não vai adiantar. Esqueça do seu pai, do seu marido, esqueça da hora, esqueça do que você tem que fazer quando sair daqui, esqueça tudo. E se você quer conhecer a Deus de verdade, venha na frente do Altar.''

E agora? Eu precisava conhecer a Deus. O próprio Deus tinha me dito isso, e eu tinha muita sede de buscá-Lo. Mas os pensamentos vinham como uma bomba: ''Mas ele tinha que chamar lá na frente? O que o povo vai pensar em ver uma obreira de uniforme ir na frente do Altar, precisando conhecer a Deus? Ah, eu não posso ir lá. E os fofoqueiros. E os jovens que me pedem conselhos? Mas, eu preciso conhecer a Deus. Ai, e agora?

Eu decidi e fui na frente do Altar, de uniforme e tudo. Qual é o problema? Não olhei para os lados, somente para o homem de Deus. Eu me senti como se fosse o meu primeiro domingo pela manhã. Eu falei pra Deus tudo o que eu tinha pra falar, que eu queria conhece-Lo.
E conheci.
Simples assim.
Não teve segredo. Aliás, teve sim. O segredo é que tive sede de Deus. Muita sede mesmo.
A sensação é inexplicável. Tive vontade de sair falando de Jesus pra todos que eu visse na frente. Foi a melhor coisa que aconteceu comigo. E a partir desse dia, tudo mudou. Amadureci muito, adquiri intrepidez que nem imaginava ter, foi tão maravilhoso.
Se eu tivesse ficado no meu lugar, seria somente mais uma reunião. E o que eu não aceito é isso, ir na igreja por ir...
Ah, se as pessoas que não conhecem Jesus ainda, soubessem como é maravilhoso, largariam tudo agora, e viriam pra Jesus

Desculpe pelo texto, queria dividir isso com a sra.

Anônimo disse...

Eu procuro fugir de todos pensamentos quando estou buscando, mas confesso que as vezes parece impussível, oro derepente me pego pensando em outra coisa, assim que me dou conta volto logo a minha oração...E agora mais doque nunca continuarei vigiando ainda mais, quero ser a menina dos olhos de Deus, andar na sua presença e busca-lo com sinceridade...

Qeu Deus abensoe a senhora e a sua família ainda mais e mais...
bjxx
Leslie de Moçambique

Luh disse...

Olá!!
Eu já disse isso pra Deus - NÃO VOU DIZER QUE TE AMO, PORQUE eu NÃO TE CONHEÇO - Eu andava muito perturbada, preocupada com oque teria que mudar na minha vida, e ontem me revoltei e disse pra Deus, sou dizimista, sou ofertante e tenho um mundo de defeitos a serem corrigidos e não consigo sozinha, porque se vou para direita o tormento me mandava ir para esquerda e vice-versa. Mas apos esse rápido clamor Deus me respondeu com toda paz do mundo, dizendo-me apenas para eu buscar ele de todo coração que as demais coisas ele me dará a direção - eu queria era "eu" resolver oque eu não tenho condições humana de resolver..
Que Deus continue a usa-la mais e mais..e que Deus me use muito tambem...

Elaine Santos disse...

É essa sinceridade que tenho diante de Deus. Eu não saio repetindo o que o pastor fala só porque ele pedi para falar para Deus. Se não é aquilo que quero falar, que está no meu coração, eu não falo. Eu procuro ser sincera com Deus. Mesmo quando todos estão louvando, mas eu estou precisando desabafar como a senhora diz, eu desabafo com Deus. E essa sinceridade faz toda a diferença, foi também essa sinceridade que me levou a conhecer a Deus.

Vania disse...

E verdade pior coisa e ficar Diante de Deus atribulada,e com bla bla bla,mesmo porque Deus sabe oque se passa na nossa cabeca e espera que sejamos sinceras para nos livrar daquele fardo que tanto encomoda,gracas a Deus aprendi e vou sempre me lembrar da dica,Deus abencoe !!!

Elise Souza disse...

Olá dna Nanda,gostar compartilhar algo que aconteceu comigo.
Hoje,mais cedo,li esse blog em que a sra fala sobre a sinceridade ao falar com Deus.Meditei nele.Mais tarde na igreja me peguei falando palavras vazias,com pesamentos distantes de onde eles realmente deveriam estar.Então me lembrei das palavras que a sra disse.Parei de pensar em todas aquelas coisas que bombardeavam meu pensamento e sinceramente pedi a Deus que falasse comigo,naquela reunião,de maneira que nunca tinha falado.E assim Ele fez,foi a melhor reunião da minha vida.Foi tão forte que até o pastor comentou que nunca tinha feito uma reunião como aquela. Que Deus continue a usa-la mais e mais.

Elise Souza disse...

Olá dna Nanda,gostar compartilhar algo que aconteceu comigo.
Hoje,mais cedo,li esse blog em que a sra fala sobre a sinceridade ao falar com Deus.Meditei nele.Mais tarde na igreja me peguei falando palavras vazias,com pesamentos distantes de onde eles realmente deveriam estar.Então me lembrei das palavras que a sra disse.Parei de pensar em todas aquelas coisas que bombardeavam meu pensamento e sinceramente pedi a Deus que falasse comigo,naquela reunião,de maneira que nunca tinha falado.E assim Ele fez,foi a melhor reunião da minha vida.Foi tão forte que até o pastor comentou que nunca tinha feito uma reunião como aquela. Que Deus continue a usa-la mais e mais.

Thayane- Natal.RN disse...

Olá Dna. Nanda!
Muito obrigada por está postagem. Assim que terminar de escrever vou buscar a presença do meu Deus sendo o mais sincera com Ele e desabafando tudo... todo sentimento de culpa, de fracasso até.

Sinceramente... não sei nem mais o que comentar!! Vou falar com Deus, pois estou precisando muito.
Obrigada desde de já.

E sempre irei carregar isso comigo, ser sincera sempre!

Na fé.
Bjinhos.

Adrielly disse...

Ola dna Nanda,
realmente tenho plena certeza de que a nossa sinceridade é o que realmente agrada a Deus.Ahhhh......e o que a sra disse do desabafo ontem mesmo passei por isso,tava com tanta coisa na cabeça que passei um tempão desabafando para então poder busca-Lo sem nada que pudesse me atrapalhar e foi realmente maravilhoso..........bjss

Elimara Medeiros disse...

Muito forte Dna Nanda, a sinceridade realmente é tudo.
Quantas vezes passei por isso também, de levantar as minhas mãos na hora da busca, começar a falar e falar e falar, mas eram palavra vazias, minha mente não estava naquelas palavras, mas sim nos problemas, no que tinha que ser feito, etc .. Devemos vigiar, pois a intenção do diabo é justamente essa, nós fazer sentir vazia e distante de Deus.
Temos que ser sinceras diante de Deus, pois Ele nós conhece como ninguém, Ele sonda nossa mente e coração.
Na Fé.

Katiane Lima disse...

Olá Dna Nanda, boa tarde.
Obrigada pelo post.
Já aconteceu comigo essa situação em dia que eu pensava em tudo antes de ir para a igreja, menos me preparar unicamente para encontrar Jesus e aí buscar Sua presença. Eu ia de qualquer jeito e então porque não coloquei Deus como minha prioridade, pois ali era meu momento com Ele, Deus não podia fazer nada, já que eu não estava ali de todo o coração, com toda a fé.

Hoje tenho aprendido a ser sincera com Deus,a me preparar para encontrar meu Senhor e dar o melhor. E ás vezes há milhares de coisas em minha cabeça, mas eu falo para Deus que eu estou ali para sair diferente, não importa o que eu esteja passando, e quando estou a buscar a presença de Deus, busco fazer daquele momento, um momento único e especial com o meu Senhor, e quando vêm os maus pensamentos, no mesmo momento eu os expulso,para dirigir-me totalmente a Deus com sinceridade.

beijinhos Dna Nanda, Deus a abençoe grandemente.

Renata disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Jardene disse...

Temos que ser sempre sinceras com Deus, pois é ele que nos da a vida eterna e paz aqui na terra.

Jardene disse...

Temos que ser sempre sinceras com Deus, pois é ele que nos da a vida eterna e paz aqui na terra.