segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Nosso Sábado...


Sábado passado foi uma loucura maravilhosa!

Visitamos uma escola em uma das áreas mais pobres aqui em Windhoek/Namíbia. Onde só tem barracos de zinco, sem eletricidade ou qualquer outra estrutura.

Estava chegando com as meninas do Sisterhood e já via as crianças descendo a rua correndo em direção da escola, pois podiam ver de longe os brinquedos infláveis que levamos para brincarem...

Foi um dia longo e as crianças não se continham de alegria e nós também!

Levamos bebidas, brinquedos, balas, doces, sandwiches e hotdogs!

Brincamos e dançamos com eles também.

No momento de receber as coisas que levamos, as crianças entravam na fila várias vezes!!

Vinham com as boquinhas sujas de catchup ou farelos de pão e falavam... "Tia, eu não ganhei nada!"

Sabe, não dava para ficar triste com a mentira, eles estavam famintos e nunca tiveram o que estavam tendo naquele dia...

Eu os ouvia dizendo um para o outro... "Yes! Hoje é o nosso dia!!"

Ficamos tão cansadas, pois a fila parecia nunca acabar!

Ainda bem que levamos o suficiente para que pudessem repetir.

No fim da tarde todos foram felizes e satisfeitos para suas casinhas, pelo menos nesse dia, barriga vazia e desespero não foi um problema...

Compartilho abaixo, algumas fotos desse dia.




















sexta-feira, 26 de novembro de 2010

A lista!

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Retribuindo o mal com o bem... Sempre!

Encontrei esse texto na internet...


Meados de Agosto de 2009, no auge das perseguições, da Rede Globo contra a Igreja Universal...


Duas senhoras bem distintas, elegantes e bem vestidas, estavam andando pela rua, e comentando sobre as reportagens da Rede Globo, onde diziam...


“...essa igreja é um covil de ladrões, de bandidos, esse Bispo Macedo é o pior dos seres desta terra, manipulador, ladrão e sugador do pobres”.


Um rapaz passando por essas duas senhoras na rua, ouviu de relance a conversa, pediu licença as duas e disse:


“Minhas senhoras, peço por favor a licença das senhoras, eu vou falar uma coisa para as senhoras: vocês tem é que agradecer a Igreja Universal e ao Bispo Macedo que vocês falam tão mal”


As mulheres indignadas replicaram: “Agradecer a Igreja Universal e ao Bispo Macedo? Que disparate…por que faríamos isso?”


O rapaz respondeu: “Eu há uns 05 anos atrás ficava neste local, neste mesmo horário à espreita, observando os pedestres, e as minhas vítimas preferidas eram mulheres como as senhoras elegantes e distraídas.

Se eu encontrasse as senhoras há 05 anos atrás neste mesmo local e horário, com certeza as senhoras não teriam mais a suas bolsas, relógios, pulseiras, brincos, celulares, carteiras, cartão de crédito e dinheiro, porque eu ia roubá-las.

Como hoje sou um Homem de Deus, não vou fazer isso, me tornei um Homem de Deus na Igreja Universal.

Igreja fundada pelo Senhor Jesus Cristo através do Bispo Macedo, por isso, eu digo que se hoje as senhoras vão para casa com todos os seus pertences, é graças a Igreja Universal, e ao Bispo Macedo.”


Essas senhoras se retiraram perplexas.




Pois é, muitas pessoas que falam tão mal do Bispo e da igreja, nem fazem idéia do bem que os mesmos já fizeram em suas vidas...


De uma forma ou de outra, muitos destes que falam tão mal já foram e são beneficiados pelo trabalho da igreja e do Bispo...





segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Casamento feliz existe?



"Qual a sua opinião sobre casamento?" perguntou a jovem jornalista.

"Casamento é uma arapuca religiosa, não acredito em casamento, nunca vou me casar." respondeu a celebridade.

Engraçado, eu tinha essa mesma idéia e já havia usado essas mesmas palavras... Nunca vou me casar.

Foram muitas decepções amorosas e muitos exemplos de casamentos falidos.

Isso sem mencionar os casamentos mais "duradouros", onde os dois pareciam se odiar mais e mais com o passar dos anos.

"Se é para ser assim, para quê casar?" eu pensava.

Até que um dia, encontrei alguém muito especial, que mudou todo o meu entendimento...

Ele me ensinou, que o casamento é algo maravilhoso e que com o tempo não se esfria, mas fica muito melhor.

Ele me fez entender o meu papel e também me ensinou a importância do papel que Ele representa.

Deus é o criador do casamento e Ele me fez mudar de opinião.

Hoje, eu não tenho dúvidas, casamento é algo maravilhoso, mas sem a presença do criador não tem sabor nenhum e aí está o erro de muitas pessoas.

Elas pensam que amar é o suficiente, se soubessem o quanto estão erradas...

Estou casada fazem 13 anos e com o passar dos anos tudo fica melhor. Acordar ao lado dele todas as manhãs é uma delícia. A cumplicidade, o carinho, o respeito, tudo fica melhor.

Mas vejam bem, tudo isso não se deve ao amor, este é apenas o resultado.

A presença e o temor de Deus dentro dos dois é o que completa, é o segredo e a receita para um casamento feliz.

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Esvazie sua mochila...

Você já observou bolsa de mulher? Nós colocamos tantas coisas que sempre temos que fazer uma “faxina” na bolsa para jogar fora o que esta fazendo peso e não serve para nada. Ela fica tão pesada que sentimos dor nos ombros cada vez que a carregamos.

Depois que tiramos todas essas coisas que nem lembrávamos mais que estavam lá, nossa bolsa fica bem mais leve e até caminhamos melhor.

Que tal fazer também uma faxina no nosso interior e não ficar acumulando coisas ao longo dos anos, que se tornam uma carga em nossa vida.

Para quê carregar tanto peso, se você pode estar tão leve.

Comece hoje a esvaziar sua mochila, vá tirando uma coisa de cada vez, ódio, mentira, mágoas, maus olhos, maus pensamentos, culpas, sujeirinhas que tem enchido seu coração. Essas coisas pesam demais, você fica ate encurvada e não consegue avançar, são coisas que te atrasam.

Sem que você se dê conta, sua vida esta tão carregada que é impossível as bênçãos de Deus fluir.

Ainda que lhe custe sacrifício, mas pense, no final de tudo o único que importa é sua vida diante de Deus, o resto se reduz a nada.

O que espera para esvaziar sua mochila?

Viva livre de cargas inúteis e pesos desnecessários, só assim você poderá ser feliz.

Por Tânia Rubim

terça-feira, 9 de novembro de 2010

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

A ratoeira...




Um rato, olhando pelo buraco na parede, vê o fazendeiro e sua esposa abrindo um pacote.
Pensou logo no tipo de comida que haveria ali… Ao descobrir que era uma ratoeira ficou aterrorizado!

Correu ao pátio da fazenda advertindo a todos:

- Há uma ratoeira na casa, uma ratoeira na casa !!

A galinha disse:

- Desculpe-me Sr. Rato, eu entendo que isso seja um grande problema para o senhor, mas não me prejudica em nada, não me incomoda.

O rato foi até o porco e disse:

- Há uma ratoeira na casa, uma ratoeira !

- Desculpe-me Sr. Rato, disse o porco, mas não há nada que eu possa fazer, a não ser orar. Fique tranqüilo que o Sr. Será lembrado nas minhas orações.

O rato dirigiu-se à vaca. E ela lhe disse:

- O que ? Uma ratoeira ? Por acaso estou em perigo? Acho que não!

Então o rato voltou para casa abatido, para encarar a ratoeira.

Naquela noite ouviu-se um barulho, como o da ratoeira pegando sua vítima.

A mulher do fazendeiro correu para ver o que havia pego. No escuro, ela não viu que a ratoeira havia pego a cauda de uma cobra venenosa.

E a cobra picou a mulher…

O fazendeiro a levou imediatamente ao hospital. Ela voltou com febre. Todo mundo sabe que para alimentar alguém com febre, nada melhor que uma canja de galinha. O fazendeiro pegou seu cutelo e foi providenciar o ingrediente principal.

Como a doença da mulher continuava, os amigos e vizinhos vieram visitá-la. Para alimentá-los, o fazendeiro matou o porco.

A mulher não melhorou e acabou morrendo. Muita gente veio para o funeral. O fazendeiro então sacrificou a vaca, para alimentar todo aquele povo.

Moral da História:

Na próxima vez que você ouvir dizer que alguém está diante de um problema e acreditar que o problema não lhe diz respeito, lembre-se que quando há uma ratoeira na casa, toda a fazenda corre risco...

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

A listinha...



É muito fácil olhar para o lado e julgar as pessoas.

Facilmente identificamos o problema da fulana ou da ciclana. já reparou nisso?

Nossos olhos são ávidos e se não temos controle sobre eles, começamos a ver o que não existe e ainda pior, a ver defeito em tudo e em todos, menos em nós mesmas...

Já reparou como que aos nossos olhos somos sempre as coitadinhas, mal entendidas e vítimas??!

A palavra de Deus nos ensina que devemos julgar sim, não aos outros mas a nós mesmas.

Quer saber se você tem julgado a si mesma?

Tarefas:

1 - Pegue uma folha de papel e escreva nela todos os defeitos que vê em si mesma.

Se sentir dificuldade em achar os defeitos, está aí um sinal de que talvez esteja olhando mais para os outros do que a si mesma... Mas isso pode mudar só depende de você.

2 - Mantenha esse papel com você durante uma semana e onde quer que vá leve-o na bolsa e cada vez que perceber uma coisa em você ou em seu caráter que deseja mudar, adicione à lista.

3 - Cada vez que olhar para o lado para julgar alguém pegue a listinha, e leia todos seus defeitos mais uma vez. Quem sabe o mesmo defeito que encontrou naquela pessoa estará na sua lista também...

4 - Sempre que estiver orando, pegue a tal na bolsa e peça a Deus para te ajudar a mudar.

5 - Inicie a transformação. Comece a tomar atitudes para transformar esses defeitos da listinha em qualidades. Esse é um passo muito importante e exigirá que você pense em atitudes que deverá tomar. De nada adianta saber do erro, orar, mas não agir para mudar...



PS: Farei o mesmo.



Para meditarmos...


Certa vez uma senhora olhou as esposas de pastores de uma certa igreja, estavam todas sentadas juntas e comentou...

"Olha só que coisa, pensam que são melhores que as outras pessoas, não se misturam!"

No mesmo dia uma outra senhora vendo a mesma cena comentou...

"Olha só que lindo! Todas as esposas sentadas juntas, isso que chamo de união!"
Em outra ocasião...

A esposa do pastor estava bem arrumadinha e uma senhora comentou com a que estava a seu lado...

"Olha só, sempre arrumadinha, quer aparecer..."

Uma jovem olhou para a mesma esposa e comentou...

"Quero ser como ela! Mulher de Deus, linda por dentro e por fora"

Um dia, mudaram os pastores daquela igreja e a nova esposa chegou para a reunião, mas ela não havia tido tempo de ir em casa se arrumar...

A mesma senhora olha para a nova esposa e comenta com a amiga...

"Olha só que coisa mais feia, que falta de consideração, nem se arrumou para vir a igreja! Envergonhando à Deus e ao marido dela!"

Uma jovem a olha e pensa... "Ela parece cansada, que Deus a dê forças".

Sabe qual a moral da história?

"Se seus olhos forem bons, todo seu corpo será luminoso"

"Os lábios falam do que está cheio o coração"

"Me diga com quem tu andas que te direi quem és..."

"Olhos podres, lábios podres. Olhos bons, lábios doces."